14.8 C
Goiânia
domingo, 26, junho 2022
- Anúncio -

IPTU Verde: projeto do PV visa incentivar criação de áreas de absorção de água no solo

De acordo com Cristiano Cunha, a proposta visa incentivar residenciais e empresas de comércio a terem áreas verdes dentro de suas construções.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O candidato à prefeito de Goiânia pelo Partido Verde (PV), Cristiano Cunha foi o convidado do Jornal Bandeirantes da última sexta-feira (09), na série de entrevistas que a Rádio Bandeirantes Goiânia vem fazendo com os candidatos nas Eleições 2020. Entre as propostas apresentadas, Cristiano citou o “IPTU Verde”, que visa gerar descontos no tributo para construções que tiverem maior áreas de absorção no solo.

De acordo com Cunha, a proposta visa incentivar residenciais e de empresas de comércio a terem áreas verdes dentro de suas construções. “Hoje, não tem praticamente nada impermeável, a chuva vem e escorre para ruas e galerias fluviais. Tendo o IPTU Verde, a gente vai incentivar a ter uma área de absorção dentro desta construção”, projeta Cunha.

“Tem aquelas calçadas quadriculadas onde tem o concreto e a grama, onde é possível a absorção da água da chuva. No quintal e áreas internas também, é possível ter uma área verde, então estaremos incentivando esse tipo de construção dando o desconto no IPTU”, explica o candidato. De acordo com ele, o projeto analisa a porcentagem de área verde por construção e leva em consideração o impacto financeiro que os descontos podem gerar no município.

Cristiano Cunha é formador em Direito e Administração. Entrou para o PV em 2011 e posteriormente assumiu a presidência estadual do partido. Além disso, Cunha já foi secretário do meio ambiente em Trindade, secretário extraordinário para assuntos ambientais em Goiânia e procurador adjunto em Águas Lindas de Goiás. Ele é candidato ao Paço Municipal de Goiânia pela primeira vez.

Bandeira ambientalista e outros projetos

Segundo Cristiano Cunha, a bandeira ambientalista levantada pelo Partido Verde (PV), não se trata apenas de “árvores”, como ele define. “O PV busca qualidade de vida para população, tanto no meio ambiente, questão social, educação e financeiro”, diz o candidato. “Goiânia não é só meio ambiente, vamos modernizar a saúde e ampliar o número de atendimentos” completa.

Sobre a criação de vagas em CMEIs, um dos assuntos mais discutidos durante as entrevistas com candidatos, o candidato afirma que pretende realizar uma análise detalhada em cada unidade e projetar possíveis ampliações. De acordo com ele, a ideia é evitar construir novos CMEIs e diminuir os custos para o poder público. “O custo de ampliação é menor do que a construção de um novo”, explica. “Vamos analisar também a necessidade de novos CMEIs onde a população tem que se descolar para um local mais distante para levar seu filho. A gente tem a intenção e construir nessas regiões. Iremos fazer essa análise a fundo para ver a necessidade de ampliação e construção de novos CMEIs também”, projeta Cristiano Cunha.


Entrevistas realizadas com os candidatos à prefeito até o momento:

Virmondes diz que se eleito, não fará da Prefeitura um “trampolim” para 2022

Adriana Accorsi afirma que, se eleita, irá concluir obras e priorizar a saúde pública

“O poder público tem que assumir o caixa de arrecadação do sistema de transportes”, diz Elias Vaz

Manu Jacob diz que pretende rever contrato de concessão com empresas do transporte público

Major Araújo projeta construir um metrô e fazer alterações no Plano Diretor de Goiânia

Samuel Almeida critica o modelo do transporte coletivo e defende a criação de um vale creche

“Quero ser prefeito para mudar a realidade da cidade, tem que avançar mais”, diz Vanderlan

Baseado em projeto europeu, Alysson Lima quer criar unidades de saúde móvel em Goiânia

Talles Barreto sobre o transporte coletivo: “vamos colocar a passagem a R$ 2,00”

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -