Virmondes diz que se eleito, não fará da Prefeitura um “trampolim” para 2022

Virmondes também criticou a atual gestão no combate a pandemia do novo coronavírus. De acordo com ele, recursos deixaram de ser investidos e o cenário atual poderia ser diferente.

0
Virmondes Cruvinel
É a primeira vez que Virmondes disputa o pleito de prefeito de Goiânia. (Foto: Reprodução)

O Jornal Bandeirantes iniciou nesta segunda-feira (28), a série de entrevistas que fará com os candidatos à prefeito de Goiânia. O primeiro convidado foi o deputado estadual Virmondes Cruvinel (Cidadania) que disputa a Prefeitura pela primeira vez. Virmondes criticou a atual gestão nas decisões tomadas em relação a pandemia e disse que não busca um “trampolim” político se for eleito.

De acordo com ele, Goiânia não é uma referência de cidade inteligente, e isso precisa ser colocado em prática. Atualmente, a capital ocupa a 36º colocação do ranking de cidades inteligentes, feito pela Urban Systems anualmente. Em comparação com outros candidatos, segundo Virmondes, seu mandato como deputado estadual mostra que é possível fazer de Goiânia uma referência nesse quesito.

“Diferente dos outros que estão se apresentado agora, as vezes até falando que vão fazer uma cidade inteligente, mas que apoiava administrações do passado que até hoje nada fizeram quanto a isso, temos na prática. Na Assembleia sou autor de vários projetos, como pro exemplo, a lei que criou a política estadual de incentivo a startups”, disse o deputado.

Programa Agiliza Goiânia

Virmondes Cruvinel defende que por meio de ações concretas, já se tem garantido defesa desta pauta de estado inteligente. “Nosso plano de governo estabelece uma pauta que o programa ‘Agiliza Goiânia’, que tem entre os pilares de uma cidade inteligente a questão da inovação, sustentabilidade, aspecto da economia criativa e empreendedorismo e também a participação social”, sublinha o candidato.

“Nós queremos a prefeitura na palma da mão, onde os serviços possam ser feitos com transparência, rapidez e que tenha essa prioridade para o online”, afirma. De acordo com Virmondes, modernizar a prefeitura é a principal bandeira da campanha. O candidato cita a cidade de Vitória (ES) como exemplo de gestão moderna. “Também foi uma prefeitura gerida pelo Cidadania, e prega essa defesa. Um governo rápido, eficiente, transparente e online”, completa.

Pandemia, cenário atual e gestão

Dos 15 candidatos à Prefeitura de Goiânia, apenas o senador Vanderlan Cardoso (PSD) e a deputada estadual Adriana Accorsi (PT) não são novatos na disputa. Para Virmondes, com a pandemia “tudo foi igualado”. “Ninguém foi prefeito de Goiânia pós-pandemia, e toda essa vivência de hoje vai exigir uma comunicação mais rápida com as pessoas, uma sensibilidade maior e dessa maneira convidei uma vice experiente (Julimária Sousa), apesar de jovem”.

“Nós não temos que nos preocupar com medalhões, talvez no momento do passado, quando eles tiveram essa oportunidade e o momento de hoje, é muito diferente”, argumenta o candidato à Prefeitura de Goiânia pela primeira vez.

Além disso, Virmondes também criticou a atual gestão no combate a pandemia do novo coronavírus. De acordo com ele, recursos deixaram de ser investidos e o cenário atual poderia ser diferente. “Observamos inclusive, no portal transparência que recursos do Governo Federal enviados para Goiânia não foram aplicados efetivamente e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), não deu uma resposta oficial quanto a isso”, diz.

Trampolim para 2022

Questionado sobre a principal diferente entre os demais 14 candidatos, Virmondes Cruvinel se diz se preparou para tal, e que não busca um trampolim político em se for eleito. “Eu me preparei para isso, tanto na minha formação profissional quanto também na Assembleia Legislativa. Eu quero ser prefeito de Goiânia, diferente dos outros, que querem ser senadores e governadores. Infelizmente temos visto pessoas colocando seu nome agora para ser trampolim para 2022”, criticou.


Leia mais: Números, estatísticas e curiosidades sobre as candidaturas registradas em Goiás