Números, estatísticas e curiosidades sobre as candidaturas registradas em Goiás

Entre os postulantes predominam homens, pardos, com ensino médio completo e que tem entre 40 e 49 anos

0
Abstenção nas capitais do Brasil
Os estados que menos registraram abstenções foram Piauí (15,42%), Paraíba (15,79%), Ceará (16,93%) e Amazonas (17,17%). (Foto: Reprodução)

Ainda aguardando julgamento por parte do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), em Goiás foram registradas 871 candidaturas a prefeito nos 246 municípios do Estado. Para vereador, o número é de 22.504.

Em Goiás, o DEM é o partido que mais registrou candidaturas entre os 32 participantes das eleições 2020 no Estado. A sigla tem 2.512 candidatos. O Top 5 conta ainda com: PP (1.909); MDB (1790); PDT (1.427) e Podemos (1.355). O PCO é quem tem menos correntes, apenas dois postulantes.

No Estado são 16.172 candidatos homens (66,7%) e 8.075 mulheres (33,3%). Os casados predominam no filtro por estado civil. Eles são 52,6% dos postulantes. Os solteiros representam 34,8%. Seguido por divorciados (10%), viúvos (1,87%) e separados judicialmente (0,65%).

Por faixa etária predominam os candidatos entre 40 e 49 anos. Eles representam 32,24% do total. Aqueles que têm entre 50 e 59 anos são 24,84% dos nomes. Já o grupo entre 30 e 39 anos tem um total de 23,87% das candidaturas. Um fato interessante é que há 16 octogenários na disputa e um nonagenário.

As ocupações mais frequentes entre os candidatos são: comerciantes (6,71%); empresários (6,49%); servidores públicos (5,93%); vereadores (5,66%); dona de casa (4,95%) e agricultores (2,67%). As outras atividades totalizam 22,85%.

Raça

Entre os candidatos, os pardos são a maioria (50,68%). Depois vem os brancos com 38,05%. Os pretos representam 9,46% das candidaturas. Ainda temos 0,76% de amarelos e 0,09% de indígenas. Aqueles que não informaram raça são 0,96%.

Grau de instrução

A lista é liderada por aqueles que concluíram o segundo grau (38,71%). Em segundo lugar estão os que concluíram o ensino superior (25,22%). Em seguida estão: Ensino fundamental incompleto (11,79%); Ensino fundamental completo (10,73%); Ensino médio incompleto (6,06%); Superior incompleto (4,51%) e Lê e escreve (2,97%). Apenas um candidato em todo o estado se declarou analfabeto.

Goiânia

Na capital são 15 postulantes ao Paço Municipal. Outros 1046 querem uma vaga na Câmara. Os candidatos à prefeitura são: Alysson Lima (Solidariedade); Antônio Veira Neto (PCB); Cristiano Cunha (PV); Adriana Accorsi (PT); Elias Vaz (PSB); Fábio Júnior (UP); Gustavo Gayer (DC); Maguito Vilela (MDB); Major Araújo (PSL); Manu Jacob (PSOL); Samuel Almeida (PROS); Talles Barreto (PSDB); Vanderlan Cardoso (PSD); Vinicius Gomes (PCO) e Virmondes Cruvínel (Cidadania).

Outros municípios

Em Aparecida de Goiânia foram registradas três candidaturas para prefeito e 603 para vereador. Em Anápolis, o TRE recebeu nove nomes para a prefeitura e 601 para a câmara.

Curiosidades

Em Goiás o número de candidatos a vice-prefeito é maior que o de candidatos a prefeitos. São 871 nomes em busca da chefia dos executivos municipais, enquanto outros 874 querem ser suplentes.

Outro fato interessante é que em Goiânia, o candidato do PCO à prefeitura, Vinícius Gomes, aparece como aquele que busca a reeleição. Só para lembrar, o prefeito da capital, Iris Rezende, não está na disputa do pleito.