Região Centro-Oeste tem maior taxa de incidência de dengue do país

0
A região Centro-Oeste, apesar de ter menos casos que o Sudeste, tem uma taxa maior de incidência. Foto: NIAID

O Ministério da Saúde divulgou novo boletim epidemiológico a respeito das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. Com isso, foi possível identificar que a região Centro-Oeste tem a maior taxa de incidência do país.

Em média, são 1.235,8 pessoas infectadas a cada 100 mil em Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Já para todo o Brasil esse número é de 708,8 pessoas atingidas a cada 100 mil.

Além da maior taxa de incidência, a região possui o terceiro estado com o maior número de casos da doença: Goiás. O estado conta também com o terceiro maior número de mortes por dengue, sendo 62 óbitos no total.

Contudo, o Centro-Oeste não apresenta a maioria dos casos de dengue. O maior índice foi registrado na região Sudeste. Isso porque São Paulo também lidera o número de casos entre os estados.

Ao todo, Goiás, São Paulo e Minas Gerais concentram, ainda, 70% dos registros de dengue em 2019. No entanto, os três estados representam apenas 35% da população do país.

Recordes e fatores

Segundo o Ministério da Saúde, fatores como altas temperaturas, mais chuva em algumas regiões e menos prevenção contra a doença foram fundamentais para o aumento de casos ao longo do ano.

Além disso, mais pessoas suscetíveis à dengue e mudança do sorotipo são condições a serem levadas em conta diante dos dados divulgados.

O ano de 2019 é o terceiro com mais casos até agora, atrás de 2015 (1.649.008) de 2016 (1.500.535).

Leia mais:

Saúde elabora plano para barrar sarampo em Goiânia