28.8 C
Goiânia
sábado, 23, outubro 2021
- Anúncio -

Apesar da Justiça proibir a realização de greve, 90% da frota do Eixo Anhanguera não operou

Na tarde desta segunda-feira (10), houve uma audiência entre o Sindicoletivo o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Região Metropolitana de Goiânia (SET) mas não chegou-se a um acordo.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Quem precisou utilizar o transporte coletivo por meio do Eixo Anhanguera na manhã desta terça-feira (11), encontrou mais dificuldades que o normal. Cerca de 90% da frota disponível pela Metrobus, empresa que raeliza o serviço do Eixo, não operou. De acordo com a Rede Metropolitana do Transporte Coletivo, fora a Metrobus, todas as outras concessionárias estão funcionando normalmente.

Uma greve geral dos trabalhadores do transporte coletivo, representados pelo Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana (Sindicoletivo), estava prevista para hoje (11). Porém, na tarde desta segunda-feira (10), houve uma audiência entre o Sindicoletivo o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Região Metropolitana de Goiânia (SET) mas não chegou-se a um acordo.

Já durante a noite, o SET entrou com pedido de liminar para garantir que os ônibus operassem normalmente. A medida foi analisada pelo desembargador plantonista do Trabalho, Mário Sérgio Bottazzo, que entendeu a abusividade da greve dos trabalhadores e deferiu o pedido determinando que o Sindicoletivo suspendesse a greve.

A decisão ainda determina ainda, multa diária de R$ 10.000,00 ao Sindicoletivo em caso de descumprimento. Às 9h desta terça-feira (11), haverá uma nova audiência entre os sindicatos e após isso, será deliberado sobre quais rumos o movimento irá tomar. Entre as reinvidicações dos trabalhadores, está o reajuste salarial e a vacinação contra a Covid-19 para o setor, que alega 8% de mortablidade entre os empregados da área.


Leia mais: Sindicato das empresas diz que Sindicoletivo não representa todos os trabalhadores

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -