Talles Barreto não fará campanha para ninguém no 2º turno, mas voto pessoal será em Maguito

De acordo com o tucano, sua escolha pessoal é devido a vários fatores, entre eles a amizade que possui com o filho do candidato, o ex-deputado federal e presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela.

0
Talles Barreto
Ele considerou que faltou ao candidato do PSD compaixão e sensibilidade diante do estado de saúde do oponente. Foto: Reprodução)

Durante sessão plenária na tarde desta quarta-feira (18), o deputado estadual Talles Barreto (PSDB), utilizou a tribuna para reforçar o posicionamento de seguir a decisão de seu partido, em manter-se neutro em relação ao segundo turno nas eleições de Goiânia. Contudo, Talles posicionou seu voto pessoal favorável ao candidato do MDB, Maguito Vilela. O PSDB realizou reunião entre os membros da executiva para definição de um possível apoio na terça-feira (17).

De acordo com o tucano, sua escolha pessoal é devido a vários fatores, entre eles a “competência que Maguito tem para administrar a capital” e a amizade que possui com o filho do candidato, o ex-deputado federal e presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela. “Minha escolha como cidadão goianiense, que mora na capital há quase 50 anos, deve-se à amizade que tenho com Daniel. Considero, também, Maguito mais preparado para administrar Goiânia que o seu concorrente, Vanderlan Cardoso, que tem o apoio do governador”, frisou.

Talles considerou que faltou a Vanderlan Cardoso (PSD) compaixão e sensibilidade diante do estado de saúde do oponente. “Quero externar minha solidariedade ao candidato Maguito independente de política”, pontuou. Talles Barreto finalizou dizendo que vai acompanhar o partido no sentido de não fazer campanha.

O candidato, apoiado pelo ex-governador Marconi Perillo, ficou com apenas 0,96% dos votos válidos, o que representa 5.689 votos no total. No geral, o candidato ficou em 11º lugar entre os candidatos a prefeito de Goiânia.


Leia mais: Veradores aliados a Maguito criticam Vanderlan em sessão na Câmara Municipal