Projeto leva assistência à imigrantes e refugiados em Aparecida de Goiânia

0
494
(Foto: Reprodução)

No próximo domingo, 25, será realizada mais uma ação do projeto Migrar, Acolher e Cuidar, da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás (FEN/UFG). O objetivo é atender e orientar imigrantes que se fixam em Aparecida de Goiânia e, sem acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS), ficam em situação de vulnerabilidade social.

Durante a atividades os imigrantes, a maioria venezuelanos e haitianos, terão acesso a vacinação, educação em saúde sexual e testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites B e C. Desde o mês de julho, cinco ações foram realizadas e mais de 200 imigrantes já participaram do estudo.

O projeto inédito é desenvolvido pelo Núcleo de Estudos em Epidemiologia e Cuidados em Infecções Transmissíveis e Agravos à Saúde Humana (Necaih), em parceria com a Universidade de Ryerson, no Canadá. Estão previstas, até 2020, várias ações com imigrantes e refugiados vindos do Haiti, Paquistão, Venezuela e Síria que estão vivendo em Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia.