26.2 C
Goiânia
sexta-feira, 3, dezembro 2021
- Anúncio -

Obras, concursos, asfalto e eleição; confira entrevista de Iris Rezende

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Na manhã desta quinta-feira, 1º, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) recebeu no sexto andar do Paço Municipal a equipe da Rádio Bandeirantes Goiânia e Diário de Goiás. Aos jornalistas Altair Tavares e Rosane Kotoski, o prefeito destacou diversas ações que são executadas em sua gestão.

Obras

Logo nos primeiros minutos de entrevista Iris Rezende falou sobre obras que são executadas, em Goiânia, neste momento.  O prefeito destacou a importância das intervenções, pontuando que os transtornos logo serão superados.

“O incomodo é superado pelo prazer que traz a obra quando inaugurada. Não existe a possibilidade de se realizar uma obra em uma região já urbanizada sem trazer transtorno e incômodos, mas tenho falado que os transtornos passam é a satisfação acontece”, minimizou ao falar das obras de construção do viaduto na Avenida 90 com 136, intervenções na Avenida Leste-Oeste entre outras.

Concurso público

Iris Rezende adiantou à reportagem que, em breve, a Prefeitura de Goiânia irá realizar concurso público para contratar servidores para diversas áreas como Educação, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Guarda Civil Metropolitana (GCM). De acordo com a assessoria do prefeito, o número de vagas será divulgado nos próximos dias após conclusão de estudos técnicos.

Educação

Um dos objetivo de Iris Rezende na educação é ampliar o número de vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei’s) que atendem crianças de seis meses a cinco anos de idade.  Segundo Iris, quando assumiu a gestão o déficit era de 12 vagas na educação infantil.

“Já reduzimos (déficit) para em torno de seis mil. Até minha saída não terá uma criança abaixo de seis anos que não tenha vaga no Cmei. Isso é para acudir a mãe que tem trabalho fora”, apontou Iris.

Asfalto

A Prefeitura de Goiânia irá asfaltar 31 bairros até o final de 2020. Iris Rezende garante que todos os bairros que surgiram após ele assumir a atual gestão serão pavimentados. “Quando fui prefeito anteriormente asfaltei todos os bairros que não possuíam esse benefício, eram 134. De lá pra cá já surgiram 31 bairros e eu vou deixar todos pavimentados porque não pavimentaram nenhum”, disse ao jornalista Altair Tavares.

Mutirama

Ao falar sobre a reinauguração e extinção da cobrança de ingressos no Parque Mutirama, o prefeito abriu um parênteses para explicar de onde surgiu a ideia para construir um parque de diversões na cidade na décadas de 1960.

Iris contou à Rádio Bandeirantes que construiu o mutirama para oferecer um lugar de lazer e entretenimento para as famílias e, sobretudo, para as crianças pobres.

Iris em momento de descontração com jornalista Rosane Kotoski (Foto: Jackson Rodrigues)

O emedebista contou que morava ao lado de um médico e um mecânico. Nos finais de semana, o médico sempre levava o filho para clubes na Capital. Já o filho do mecânico, segundo ele, chorava ao ver o filho do médico ir ao clube e ao saber que não teria a mesma oportunidade para se divertir.

“Determinei que se importasse brinquedos e mais brinquedos para colocar naquele parque. Para se ter uma ideia todos os brinquedos foram importados porque o Brasil naquela época não fabricava brinquedos sofisticados”, destacou.

Iris lembrou que sete dias antes da inauguração do Mutirama seu mandato foi cassado pela ditadura militar. Segundo ele, o prefeito nomeado instituiu cobrança de ingressos o que de certa foram não o deixou totalmente realizado.

“Agora quando assumi a prefeitura aconteceu um acidente lá e eu mandei fechar o Mutirama para reforma. Lá na hora da reabertura me foi dada a palavra e um dos itens da minha palavra foi: de hoje em diante não terá mais ingresso para utilizar o Mutirama”, frisou

Política

Questionado se irá disputar à reeleição em 2020, Iris desviou do assunto, apontando que ainda é cedo para discutir o processo eleitoral do próximo ano. “Não tenho direito em ficar pensando em sucessão, em reeleição e eleição.

“Eu tenho que pensar nas minhas obrigações com a cidade hoje até porque isso é bíblico. Tudo tem o seu tempo, tem o tempo de plantar, o tempo de colher, tem o tempo de fazer eleição e tem o tempo de executar os projetos apresentados”, disparou o decano.

Altair Tavares usou de um bordão do próprio Iris para reforçar o questionamento. “Se o povo quiser que o senhor continue?” O prefeito rapidamente disse que ainda não está pensando em disputas eleitorais. “Tudo tem o seu tempo. Não é tempo de eleição hoje, então eu me nego falar em candidatura hoje”, disse em tom de brincadeira.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -