Paulo Guedes confirma prorrogação de pagamentos do auxílio emergencial

0
Imagem: Marcello Casal / Agência Brasil

Segundo o Ministro, cabe ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciar e detalhar o pagamento em uma cerimônia sobre o auxílio marcada para acontecer na tarde desta terça-feira, 30.

O Ministro da Economia, Paulo Guedes afirmou que o Governo irá prorrogar os pagamentos do auxílio emergencial,entretanto não informou quantas parcela a mais serão oferecidas e nem o valor delas.

É preciso que o valor das parcelas continue em R$600 para que evite uma nova aprovação pelo Congresso Nacional.

Inicialmente, o governo propôs pagar mais três parcelas de R$ 300. Depois, passou a defender um escalonamento decrescente, com parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. Mas o Congresso não aderiu à ideia.

Pelas contas da Instituição Fiscal Independente (IFI), do Senado, cada parcela do auxílio custa, por mês, R$ 50 bilhões aos cofres públicos. O benefício foi criado como forma de combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Leia mais:

Associação da 44 propõe trocar ordem das datas do escalonamento; lojistas aguardam decreto municipal