Operação investiga cartel que prestava serviços de emplacamento ao Detran

Segundo apurado, empresários do ramo de fabricação e estampagem de placas veiculares teriam se unido no sentido de formar um verdadeiro cartel.

0
Operação realizada pela polícia Civil no Detran
Participaram da operação 150 policiais civis e 05 peritos da SPTC. (Foto: Polícia Civil)

A Operação Colludium, deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (29), cumpriu 31 mandados de busca e apreensão, na sede do Departamento de Trânsito (Detran), em empresas de fabricação e estampagem de placas veiculares, bem como nas residências dos investigados. Os mandados judicias de buscas foram cumpridos em Goiânia e mais oito cidades do interior e região metropolitana.

20 dos alvos em Goiânia, dois na cidade de Anápolis, quatro em Aparecida de Goiânia, um em Porangatu, um em Valparaíso, um em Senador Canedo dois em Santo Antônio de Goiás e um em Trindade. Foram apreendidos documentos, celulares e computadores. De acordo com a PC, são investigadas nesta operação 24 pessoas jurídicas e nove pessoas físicas. Uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Investigação

As investigações começaram a ser feitas pela Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (Deccor) em fevereiro deste ano e apontam para a existência de duas organizações criminosas distintas. Uma que teria atuado até o ano de 2018 e outra que estaria operando atualmente, utilizando-se do mesmo esquema criminoso da antecessora. Segundo apurado, empresários do ramo de fabricação e estampagem de placas veiculares teriam se unido no sentido de formar um verdadeiro cartel.

O prejuízo aos cofres públicos provocado pelo esquema criminoso ainda está sendo calculado. Porém, é possível afirmar que a maior lesão provocada é à população, tendo em vista que não há concorrência nesse tipo de serviço e o preço para a estampagem de placas acabou sendo tabelado.

Operação Colludium

Participaram da operação 150 policiais civis e 05 peritos da SPTC. A investigação apura a ocorrência dos crimes de formação de cartel, corrupção passiva e organização criminosa. No bojo da operação, uma pessoa foi presa em flagrante delito pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

A Operação Colludium foi assim batizada em razão de seu significado. A palavra conluio vem do latim colludium, que significa um jogo coletivo ou uma conspiração. Em latim, colludium vem da raiz colludere, que tem o sentido de brincar ou jogar juntos, ou fazer planos secretos para fazer algo errado. Conluio ou colusão é uma combinação maliciosa realizada entre duas ou mais pessoas, com o objetivo de enganarem uma terceira pessoa ou de se furtarem ao cumprimento da lei.


Leia mais: PC e PRF desarticulam grupo que furtou 30 toneladas de leite em pó