27.8 C
Goiânia
sexta-feira, 24, setembro 2021
- Anúncio -

No grupo campeão de 2005, Pedro Jr. sonha com novo título para encerrar jejum

Jogador confessa que não esperava tanto tempo sem um novo título estadual do Colorado e foca na melhoria das finalizações para levantar a taça

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

O Vila Nova tem em seu elenco uma testemunha viva do último título do Campeonato Goiano, em 2005. O atacante Pedro Jr, que voltou ao Tigrão nessa temporada, era ainda um iniciante que subia das categorias de base para compor o elenco profissional naquela ocasião e fez parte do grupo campeão goiano pela última vez no Vila Nova.

Pedro relembra o título e admite que jamais pensou que a fila para uma nova conquista seria tão grande: “Eu estava no último título, foi um momento muito grande na minha carreira. Não imaginava nunca que quando saí, em 2005, o Vila ficaria tanto tempo sem conquistar outro título Goiano. Então, caso aconteça, será muito gratificante fazer parte desse novo momento”.

Para por fim à seca, o Vila Nova precisa de uma vitória sobre o Grêmio Anápolis, no próximo domingo, com a bola rolando ou na disputa por pênaltis. Citando as características do elenco que foi campeão em 2005, Pedro Jr. avalia que este atual elenco também tem o que é preciso para se tornar um campeão:

“Nosso grupo de 2005 tinha muitos meninos da base, muita gente subindo. Vejo uma semelhança na questão união, a gente tinha uma sintonia muito boa naquele ano e hoje esse grupo tem isso também, todos buscando o mesmo objetivo em prol do Vila Nova. Todo mundo correndo e brigando pelo mesmo motivo”.

Titularidade

Apesar de voltar com status de “queridinho” do torcedor, Pedro Jr. vem sendo reserva nas últimas partidas do Vila, com Henan sendo o camisa 9 titular. Ele revela que não se incomoda como fato e continua trabalhando firme para retomar a posição na bola:

“Não sou jogador que fica questionando o treinador do porquê ele me tirou. O Wagner é muito claro, ele chega na gente e fala que o outro atleta vai ter uma sequência, para mim nem é necessário. Eu respeito muito o momento do Henan, o professor tem motivo de escolhê-lo para ser titular e enquanto isso eu continuo treinando forte e me mantendo sempre pronto para ajudar”.

E justamente um dos pontos que vem sendo chamado a atenção desse time é o poder de finalização, que vem sendo falho em momentos importantes. Pedro Jr mantém o otimismo sobre evolução nesse setor:

“Nós atacantes temos nos cobrado muito. Nunca errei tantos gols como venho errando nesses últimos jogos. Eu sei disso, me lembro de 4 gols que perdi e não costumo perder. Contra Aparecidense, Juventude e Iporá. Fico muito chateado, me cobro bastante, mas isso só me faz aumentar o foco no trabalho. Estamos trabalhando todos nesse sentido e com as orientações do Wagner vamos chegar nos próximos jogos e fazer os gols que não estamos conseguindo”. 


Leia mais: Formiga lamenta ausência do torcedor na disputa pelo título: “vamos lutar por eles”

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -