Gustavo quer assumir ginásios que são de responsabilidade do Estado

0

Durante o corte do bolo de 97 metros em alusão ao aniversário da cidade no último sábado,11, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), em um ato que ele classificou como ‘quebra de protocolo’ pediu ao líder do governo na Assembleia Legislativa , deputado Bruno Peixoto (MDB), que levasse uma mensagem ao governador Ronaldo Caiado (DEM) que não compareceu ao evento.

Gustavo pediu que Governo de Goiás passe a administração de seis ginásios localizados na cidade para  a Prefeitura de Aparecida de Goiânia. O prefeito destacou que irá disponibilizar R$ 800 mil reais para reformar as unidades e que irá implantar escolinhas de iniciação esportivas , incentivando a prática de atividades físicas e a formação de jovens atletas.

“Deputado, estão cobrando para que as pessoas possam usar essas praças esportivas. Queremos administrar esses ginásios, abrir escolinhas e também deixar a população usar esses espaços sem pagar nenhum centavo. Leve essa mensagem ao governador Ronaldo Caiado”, disse Gustavo Mendanha que estava cercado de diversas personalidades políticas.

Tratativas

Em agosto de 2017, Gustavo Mendanha e o então superintendente executivo  de Educação, Cultura e Esporte , Ivo Vilela, assinaram ofício que repassava ao município a gestão dos ginásios. O prefeito também tratou do assunto com a ex-secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, mas as chaves ainda não foram repassadas à prefeitura.

Naquela época, ficou acertado que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) providenciaria a Escritura Pública de Doação Onerosa dos Imóveis, ficando definido que a prefeitura  ao assumir os ginásios ficaria responsável pelas despesas e reparos nos ginásios.

Os ginásios estão localizados na Vila Brasília, Setor Cruzeiro do Sul, Jardim Tiradentes, Garavelo e no Centro e Bairro Independência.