28.8 C
Goiânia
sábado, 22, janeiro 2022
- Anúncio -

Fora do ar desde janeiro, Peixe Urbano é notificado pelo Procon à prestar esclarecimentos

A empresa precisa informar as medidas que irá tomar para atender aqueles consumidores que compraram os cupons de serviços e não tiveram o cumprimento da oferta.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O Procon Goiás notificou na última quinta-feira (14), por meio de um processo de reclamação de ofício, a tradicional empresa Peixe Urbano para prestar esclarecimentos e justificar o motivo de o site de vendas de cupons estar fora do ar desde janeiro. Além disso, a empresa também precisa informar as medidas que irá tomar para atender aqueles consumidores que compraram os cupons de serviços e não tiveram o cumprimento da oferta.

“A iniciativa do órgão tem o intuito de receber respostas da empresa e os seus responsáveis sobre as reais condições da empresa em cumprir os compromissos firmados com os inúmeros consumidores que possuem vouchers e créditos a serem utilizados”, explica o superintendente do Procon Goiás, Alex Augusto Vaz Rodrigues.

O site da empresa saiu do ar deixando clientes sem acesso para resgatar ofertas, os estabelecimentos parceiros também não receberam os repasses. Além disso, o Procon do estado de São Paulo, procura o CEO da empresa, o chileno Nicolás Leonicio, desapareceu.

Empresas sujas

A empresa terá até 10 dias úteis para responder o órgão. Caso não haja resposta, ela será multada e incluída no ranking de empresas não recomendadas pelo órgão. “É válido ressaltar que os responsáveis pela empresa poderão ser responsabilizados pelos danos causados a terceiros, o que pode acarretar em busca e apreensão de bens para a quitação de dívida”, aponta Alex.

Os consumidores que se sentirem lesados pelo grupo deverão entrar em contato com o Procon Goiás que, por sua vez, tomará as medidas necessárias para defender os ditames previstos no Código de Defesa do Consumidor.

Denúncias e reclamações

As reclamações e denúncias ao órgão podem ser registradas através dos seus canais oficiais de atendimento. São eles: o Disque-Denúncia 151 (capital), telefone fixo (62) 3201-7124 (interior) e as plataformas Procon Web (proconweb.ssp.go.gov.br.) e Consumidor.gov (www.consumidor.gov.br).


Leia mais: Governo libera quase R$ 126 milhões em empréstimos para pequenas e microempresas, em Goiás

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -