27.8 C
Goiânia
sexta-feira, 24, setembro 2021
- Anúncio -

Fiscalização encerra festas e interdita estabelecimentos, em Goiânia e Aparecida

Em todo final de semana, 126 locais foram vistoriados durante ronda ostensiva ou após denúncias de moradores.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Os fiscais da força-tarefa de fiscalização de Aparecida de Goiânia encerraram 11 festas clandestinas neste final de semana. Uma delas, tinha mais de 100 pessoas entre jovens e adolescentes. Mais de 100 pessoas foram multados por não usarem máscara e o local foi interditado. A multa por não uso da proteção facial é de R$ 111 por pessoa.

De acordo com a prefeitura de Aparecida, a festa ocorreu na madrugada de sábado para domingo (17 e 18), no Jardim Monte Líbano. Nesta mesma noite, outras oito festas clandestinas que eram realizadas em diversos bairros da cidade também foram encerradas. Sete veículos com som automotivo e duas caixas de som mecânico foram apreendidos por perturbação do sossego.

Em todo final de semana, 126 locais foram vistoriados durante ronda ostensiva ou após denúncias de moradores. Neste pontos 330 pessoas foram multadas por não usarem máscara, 12 veículos com som automotivo e cinco caixas de som mecânico foram apreendidos por perturbação do sossego e encaminhados para o pátio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Dos pontos vistoriados, 10 estabelecimentos foram interditados e multados por aglomeração de pessoas ou por falta de alvará ou documentação necessária para funcionamento

Goiânia

Já em Goiânia, de oito denúncias recebidas, apenas um espaço de eventos foi autuado por aglomeração e pelo não uso de máscaras de proteção pelos presentes. O local também respondeu por poluição sonora pela Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma). As autuações ocorreram no último sábado (17).

Além disso, outros cinco estabelecimentos foram autuados por falta de alvarás de localização e funcionamento, sendo que quatro destes também foram multados por estarem funcionando além do horário permitido pela legislação sem a devida autorização para funcionamento em horário especial.


Leia mais: Justiça manda soltar fazendeiro que teria ajudado Lázaro Barbosa em Cocalzinho de Goiás

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -