Enem: Justiça Federal determina suspensão dos resultados do Sisu

0
Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

A divulgação dos resultados do Sistema Integrado de Seleção Unificada (Sisu) foi suspensa por determinação da Justiça Federal de São Paulo neste sábado, 25. A decisão foi motivada por pedido da Defensoria Pública da União.

A medida determina, ainda, prazo de cinco dias para que o governo federal demonstre a correção de todas as provas que apresentaram problemas. Caso não cumpra a suspensão, a multa está prevista em R$ 10 mil por dia.

Na petição da Defensoria, o órgão cobra que o Ministério da Educação comprove com documentos a realização da revisão dos testes prejudicados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além disso, reivindica a explicação sobre os parâmetros utilizados nesse procedimento.

Dessa forma, o erro teria impactado não apenas esses estudantes, mas o desempenho de todos os participantes, uma vez que notas de corte e a classificação são atribuídas a partir das notas de todos os alunos que realizaram a prova. Nesta semana, o Ministério da Educação reconheceu que houve erros na atribuição de notas para cerca de seis mil alunos.

Segundo a pasta, a falha teria ocorrido na impressão das provas aplicadas em algumas cidades, sendo responsabilidade de uma gráfica. O MEC acrescentou que corrigiu o problema e não haveria prejuízo para os estudantes.

Leia mais:

MPF pede suspensão do Sisu e revisão de todas as notas do Enem