Em jogo com 12 cartões amarelos e chances perdidas, Goiás e Vasco ficam no empate

O Goiás soma nove jogos sem vencer (quatro empates e cinco derrotas), oito sob o comando de Enderson Moreira que, desde que chegou ao esmeraldino, ainda não venceu nesta temporada.

0
Goiás e Vasco ficam no empate
Ao todo, foram aplicados 12 cartões amarelos durante o jogo (seis para o Vasco e cinco para o Goiás). (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)

Em jogo de pouca criatividade, Goiás e Vasco ficam no empate por 1 a 1, no Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha), em Goiânia, pela 19º e última rodada do primeiro turno do Brasileirão Série A. O gol do Goiás foi de Shaylon no segundo tempo após confusão na defesa do Vasco que, por sua vez, marcou com Léo Matos aos 16 minutos do primeiro tempo.

O empate não foi bom para nenhum dos lados. O Goiás, com apenas 12 pontos, continua na última colocação da Série A. Já o Vasco que, a exemplo do Goiás tem dois jogos a menos, ocupa a 16º colocação com 19 pontos, sendo o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Ao todo, foram aplicados 12 cartões amarelos durante o jogo (seis para o Vasco e cinco para o Goiás).

O Goiás soma nove jogos sem vencer (quatro empates e cinco derrotas), oito sob o comando de Enderson Moreira que, desde que chegou ao esmeraldino, ainda não venceu nesta temporada. O próximo jogo do Verdão é contra o São Paulo, sábado (07), no Morumbi, pela abertura do returno. Já o Vasco tem uma decisão na próxima quarta-feita (04), no jogo de volta da Sul-americana contra o Caracas, da Venezuela. O jogo de ida foi um a zero para o Vasco.

Com bola rolando

O Goiás começou pressionado e foi quem finalizou primeiro com Keko. Apesar de equilibrado, aos 16 minutos o Goiás abriu o marcador. Léo Gil cobrou escanteio pela direita, Léo Matos apareceu sozinho na primeira trave, desviou bem de cabeça e acertou o canto do goleiro Tadeu que, apenas olhou. Leo Matos marca o primeiro com a camisa do Vasco em sua estreia pela equipe esmeraldina.

Aos 25 minutos, Goiás no ataque. Edilson recebeu livre pela direita, calibrou e acertou um belo chute para defesa do goleiro Fernando Miguel. No rebote, Fernandão sozinho bateu forte, mas para fora. Em seguida, foi a vez de Fernandão servir Keko que, saiu sozinho na frente do goleiro vascaíno, mas tentou tirar e acabou perdendo o gol.

No final do primeiro tempo, Keko e o autor do gol, Leo Matos, se enroscaram e o árbitro Igor Junio Benevenuto aplicou amarelo para os dois. Com o cartão, Keko está suspenso e não pega o São Paulo na próxima rodada.

Segundo tempo

O Goiás voltou melhor, buscando o empate e conseguiu aos 11 minutos do segundo tempo com Shaylon. Vinícius tenta passe, a defesa afasta mal e a bola sobra para Fernandão que chuta e Fernando Miguel defende, no rebote, Shaylon só empurra e deixa tudo igual.

No final do segundo tempo, o Goiás pressionou e por pouco não conseguiu empatar a partida. Aos 44, após levantamento na área, Douglas Baggio se antecipou de cabeça, a bola foi na trave. Já aos 48 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Rafael Moura cabeceou bem, no canto direito de Fernando Miguel. Mas o goleiro foi buscar e impediu a virada esmeraldina.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série A – 19º rodada

Goiás x Vasco

Arbitragem

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões Amarelos

Goiás: Ariel Cabral, Heron, Keko, Vinícius, Edilson

Vasco: Henrique, Leo Matos, Léo Gil, Yago Pikachu, Ricardo, Felipe Bastos, Neto Borges

Gols

Goiás: Shaylon (11’ 2ºT)

Vasco: Leo Matos (16’ 1ºT)

Escalações

Goiás: Tadeu, Edílson, David Duarte, Caju, Heron, Ariel Cabral, Breno, Shaylon (Gilberto), Keko, Fernandão (Rafael Moura), Vinícius (Douglas Baggio).

Técnico: Enderson Moreira

Vasco: Fernando Miguel, Léo Matos, Miranda, Ricardo, Henrique (Neto Borges), Léo Gil (Felipe Bastos), Andrey, Carlinhos (Benitez), Talles Magno (Guilherme Parede), Ribamar, Vinícius (Tiago Reis).

Técnico: Ricardo Sá Pinto


Leia mais: Vila domina, Henan perde pênalti e o jogo não sai do zero contra o Remo