Durante operação contra o furto de caminhonetes, quatro são mortos em confronto com a PC

O grupo subtraiu pelo menos mais de uma dezena de caminhonetes nas cidades de São Luís de Montes Belos, Firminópolis, Uruaçu, Mossâmedes, Itaberaí e Cromínia.

0
Furto de caminhonetes Goiás
Os veículos eram posteriormente desmanchados e suas peças, destinadas ao abastecimento de uma loja situada na região da Canaã, em Goiânia. Foto: Reprodução / PC)

Em operação contra a subtração de caminhonetes de luxo no interior de Goiás, a Polícia Civil trocou tiros e levou a óbito quatro integrantes de uma organização criminosa especializa no roubo e furto dos veículos. Na manhã desta segunda-feira (09), a equipe policial da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFVRA), deflagrou operação com o intuito de desarticular a organização e recuperar veículos recentemente subtraídos, em um galpão de desmanche no setor Parque Oeste Industrial, em Goiânia.

No local, tentada a abordagem, os criminosos resistiram à voz de prisão e efetuaram disparos de arma de fogo contra a equipe policial, que reagiu. De acordo com a PC, após intensa troca de tiros, em legítima defesa, quatro dos criminosos chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

Com os investigados, foram apreendidas seis armas de fogo, sendo duas pistolas semiautomáticas, uma de calibre 9mm e outra de calibre 45. Também três revólveres de calibre .38 e uma espingarda de calibre 22, bloqueadores de sinal de rastreamento, módulos de ignição e ferramentas utilizadas para o desmanche dos automóveis.

Quatro caminhonetes de luxo estavam sendo desmanchadas, veículos produtos dos crimes investigados, além de inúmeras peças de outros veículos já desmanchados, bem como os veículos utilizados pelos criminosos como suporte para a prática dos delitos, vulgarmente conhecidos como “cavalos” e o caminhão utilizado no transporte das peças retiradas dos veículos subtraídos.

Investigação e engenharia dos criminosos

A Polícia Civil do Estado de Goiás, recebeu informações do 43º Batalhão da Polícia Militar (de São Luís de Montes Belos) sobre a ocorrência de uma série de furtos e roubos de caminhonetes de luxo em municípios do interior de Goiás. A partir daí, iniciou-se uma investigação policial e, depois do deferimento de medidas cautelares pelo Poder Judiciário da Comarca de São Luís de Montes Belos, com a anuência do representante do Ministério Público, conseguiu identificar todos os integrantes do grupo criminoso.

Durante a investigação, apurou-se que os investigados possuíam um sofisticado esquema de atuação, com o emprego de bloqueadores de sinal de rastreamento veicular, módulos de ignição e armas de fogo, tendo praticado a subtração de, pelo menos, mais de uma dezena de caminhonetes nas cidades de São Luís de Montes Belos, Firminópolis, Uruaçu, Mossâmedes, Itaberaí e Cromínia.

Os veículos eram posteriormente desmanchados e suas peças, destinadas ao abastecimento de uma loja situada na região da Canaã, em Goiânia, de propriedade do líder do grupo. No último fim de semana, entre sábado (07) e domingo (08), constatou-se que o grupo criminoso praticou duas novas subtrações de automóveis: uma Toyota Hilux, cor branca e uma MMC/L200 Triton, Cor Branca, veículos que estariam sendo desmanchados em um galpão situado no setor Parque Oeste Industrial, em Goiânia.


Leia mais: Região Oeste recebe pela terceira vez a testagem de antígeno da Covid-19