Coronavírus: Brasil registra 824 mortes em 24 horas e bate recorde de infectados

0
Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (15), dia em que Nelson Teich deixa o posto de Ministro da Saúde, foram registradas 824 mortes e 15.305 novos casos por covid-19 em 24 horas. É um novo recorde diário de ocorrências, superando os 13.944 casos relatados na última quinta-feira (14).

No total, o Brasil soma 14.817 óbitos e 218.223 contaminados pela doença. Os números, divulgados pelo Ministério da Saúde, apontam que existem ainda pelo menos 2.300 mortes em investigação. Além disso, dos casos confirmados de coronavírus no País, 118.436 estão em acompanhamento e 84.970 estão recuperados.

No país, a letalidade, calculada por meio da balanço do número de mortes pela quantidade de casos confirmados, foi de 6,8%. Já a mortalidade, que verifica o número de mortes pela quantidade da população, ficou em 7,1%.

São Paulo continua sendo o estado mais afetado pela disseminação do vírus no país, com 4.501 vítimas até o último boletim da pasta. Em seguida, ficam Rio de Janeiro (2.438), Ceará (1.476), Pernambuco (1.381) e Amazonas (1.145). Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (58.378), Ceará (22.490), Rio de Janeiro (19.987), Amazonas (18.392) e Pernambuco (16.209).

Goiás

Goiás registrou três mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e o total de óbitos no Estado chega a 67. É o que aponta boletim divulgado na tarde desta sexta-feira (15).

Segundo os dados, foram confirmados mais 149 casos de pessoas com a doença em Goiás, totalizando 1.572 infectados. Os casos suspeitos somam 14.221, enquanto 4.740 foram descartados. O total de pessoas curadas no Estado não foi informado pela Secretaria Estadual de Saúde.

Leia mais:

“Achei que podia ajudar o Brasil”, diz Teich ao deixar o Ministério da Saúde