Bolsonaro deixa PSL e vai criar novo partido

0
O PSL foi o oitavo partido em que o presidente foi filiado. Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira, 12, que decidiu deixar o PSL para criar um novo partido que vai ser chamado de Aliança pelo Brasil. O anúncio foi feito por meio de uma rede social após uma reunião entre o presidente e parlamentares filiados ao PSL no Palácio do Planalto.

Na mensagem Bolsonaro disse: “Hoje anunciei minha saída do PSL e início da criação de um novo partido: “Aliança pelo Brasil”. – Agradeço a todos que colaboraram comigo no PSL e que foram parceiros nas eleições de 2018″.

O PSL foi o oitavo partido em que o presidente foi filiado. Antes, ele teve passagens por: PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP e PSC. Ele era filiado ao PSL desde março do ano passado, quando trocou o PSC para disputar a eleição presidencial.

O PSL passou de 1 deputado eleito em 2014 para 52 em 2018, e se tornou a segunda maior bancada da Câmara dos Deputados.

Recentemente, Bolsonaro teve uma série de desentendimentos com o presidente do PSL, Luciano Bivar. O estopim foi uma declaração do presidente à um aliado afirmando que Bivar “estaria queimado” e que o partido deveria ser esquecido.

Leia mais:

Bolsonaro se pronuncia após ex-presidente Lula deixar a prisão