Adolescente mata irmão caçula acidentalmente ao manusear arma em fazenda

0

Um menino de sete anos morreu na noite desta segunda-feira,12, após ser baleado acidentalmente na cabeça pelo próprio irmão um adolescente de 17 anos em uma propriedade rural entre Ipameri e Campo Alegre, na Região Sudeste de Goiás.

O adolescente pegou uma espingarda calibre 28 em cima de um guarda-roupas para mostrar ao irmão caçula, mas ao tentar fechar a arma ocorreu um disparo que atingiu a cabeça da criança.

Os pais da crianças que estavam em uma ligação telefônica com familiares ouviram o disparo e foram até o quarto. No local, encontraram a criança caída e o adolescente com a arma nas mãos. Eles pediram ajuda de parentes que estavam na cidade para acionarem socorro médico.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Ipameri foi até a fazenda, mas quando chegou a propriedade rural a criança já estava morta. Os bombeiros isolaram a área e acionaram a polícia para realizar a perícia e iniciar as investigações.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o menor de 17 anos admitiu que pegou a arma para mostrar ao irmão mais novo e quando foi guardá-la a espingarda disparou acidentalmente, acertando o rosto da criança.

O pai do menor informou que a arma pertenceu ao dono da fazenda e que fica na propriedade para segurança da família. O dono da espingarda, que não possui o porte de armas, o adolescente, a espingarda e quatro munições foram levados pela PM para Central de Flagrantes de Catalão. O corpo da criança foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Leia também:

Caminhão invade terminal de ônibus em Aparecida de Goiânia

Vila Nova dispensa seis jogadores; veja a lista !