Trump diz que se tivesse agido como o Brasil, EUA teriam 2,5 milhões de mortes por coronavírus

0
(Foto oficial da Casa Branca por Andrea Hanks)

O presidente Donald Trump citou o Brasil como exemplo de país que está passando por dificuldades pela maneira com que decidiu combater a pandemia do coronavírus. Segundo Trump, se os Estados Unidos tivessem adotado a mesma postura, o número de mortes poderia ter chegado a 2,5 milhões.

“Se você olha para o Brasil, eles estão num momento bem difícil. E, falando nisso, continuam falando da Suécia. Voltou a assombrar a Suécia. A Suécia também está passando por dificuldades terríveis. Se tivéssemos agido assim, teríamos perdido 1 milhão, 1,5 milhão, talvez 2,5 milhões ou até mais”, afirmou.

Em entrevista coletiva na Casa Branca nesta sexta-feira, 5, o presidente americano celebrou a queda de 13,3% no índice de desemprego dos Estados Unidos no mês de maio, em meio à crise econômica causada pela pandemia.

Trump falou também da ação da Guarda Nacional nas ruas de estados americanos para conter os atos de violência nos protestos antirracistas que se espalharam pelos EUA desde a morte de George Floyd.

Leia mais:

Número de mortos por Covid-19 em Goiás sobe para 167; casos confirmados são 5.407