Sindicoletivo pede prioridade na vacinação de trabalhadores e anuncia possível greve

Os trabalhadores cobram a antecipação da vacina pois se consideram trabalhadores da linha de frente.

0
Greve Transporte Coletivo de Goiânia
Segundo o Sindicoletivo, já são 270 casos confirmados entre trabalhadores do transporte e 16 óbitos confirmados. (Foto: Reprodução)

O Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores no Transporte Coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana (Sindicoletivo), convocou uma Assembleia Extraordinária para o próximo sábado (03), às 8h30. Entre os assuntos, a reunião discute o “Plano de Lutas” pela “imediata vacinação dos trabalhadores do Transporte Coletivo da Grande Goiânia contra a Covid-19”. Além disso, a reunião discute uma possível greve no transporte coletivo.

De acordo com o diretor financeiro do Sindicoletivo, Carlos Alberto dos Santos, em entrevista à Rádio Bandeirantes, os trabalhadores do segmento também são da linha de frente. “É claro que a vacinação está vindo muito lentamente, mas entendemos que tem setores que estão sendo vacinados antes de nós e não são tão prioritários assim”, disse. Ainda de acordo com ele, o setor não está recebendo atenção, nem das autoridades ou da patronal dos mesmos.

“Nós não temos nem porta do lado esquerdo do motorista para descer do ônibus se tiver com o ônibus cheio. Nossa única saída é passando pelos passageiros que estão na parte da frente do ônibus’, diz Carlos Alberto. Segundo ele, as empresas dão pouco suporte aos funcionários quando a medidas de prevenção, como máscaras e álcool em gel. “O motorista tem que comprar sua máscara”, exclama. Segundo o Sindicoletivo, já são 270 casos confirmados entre trabalhadores do transporte e 16 óbitos confirmados.

Na manhã desta segunda-feira (29), o governador Ronaldo Caiado falou que atendeu pessoalmente ao apelo dos trabalhadores do transporte coletivo pela vacinação. “Recebei também o pedido dos motoristas de ônibus, principalmente de coletivos, diante da posição que eles estão de serem também dados a prioridade”, disse o governador. “Se nós tivéssemos vacinas suficientes, atenderíamos atendendo a todos. Tenho certeza que saberemos atender com a prioridade àqueles que estão na linha de frente e expostos a contaminação”, pontuou.

Edital de convocação na íntegra

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL.

O Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores no Transporte Coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana – SINDCOLETIVO, convoca todos(as) os(as) trabalhadores(as) do Transporte Coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana, para a Assembleia Geral Extraordinária, a ocorrer no dia 03 de abril de 2.021, às 08hs30min, em primeira convocação e às 09hs00min, em segunda convocação, com qualquer número de presentes, a ocorrer à Rua APA, Qd. 85, Lt. 02, Bairro Ipiranga, Goiânia, Goiás, e a partir desta data em caráter permanente, sendo que os presentes deverão atentarem-se as normas de distanciamento social e uso obrigatório de máscaras, para tratar sobre a seguinte pauta: a) deliberar pelo Plano de Lutas pela imediata vacinação dos trabalhadores do Transporte Coletivo da Grande Goiânia contra a COVID19; b) deliberar sobre movimento de greve no transporte coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana; e, c) outros assuntos de interesse da Categoria.

Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores no Transporte Coletivo Urbano de Goiânia e Região Metropolitana – SINDCOLETIVO. Sérgio Reis de Araújo. 1º Diretor


Leia mais: Vacinação em servidores da Segurança Pública com mais de 51 anos tem início nesta segunda