Sem poder de ataque, Vila Nova perde para o Operário fora de casa

0
Imagem:José Tramontin/Operário-PR

O Vila Nova foi derrotado pelo Operário por 1 a 0, na noite desta sexta-feira (09), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro serie B, em jogo de poucas emoções no estádio Germano Kruger. O gol do jogo foi marcado pelo zagueiro Lazaro.

Na primeira etapa o jogo teve poucas emoções. Com dificuldades na criação das jogadas ofensivas, Vila Nova e Operário tiveram poucas chance para balançar a rede. As melhores oportunidades foram construídas pelo Operário, com bolar alçadas na área. Já o Vila Nova não incomodou o goleiro Rodrigo Viana.

Após um primeiro tempo sem grandes emoções, o fantasma abriu o placar logo aos seis minutos da etapa complementar. Danilo Báia cobrou escanteio da direita e o zagueiro Lazaro subiu mais que a defesa colorada, sem chances de defesa para Rafael Santos.

Com a vitória, o Operário chegou aos 21 pontos conquistados e está na nona colocação. Já o Vila Nova estacionou nos 15 pontos, ocupando a 15ª posição na tabela da Série B do Brasileirão. Dependendo dos resultados dos jogos de sábado (10) e domingo (11), o time de Goiás pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. 

FICHA TÉCNICA
OPERÁRIO 1 X 0 VILA NOVA

Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Data: 9 de agosto de 2019, sexta-feira
Horário: 19h15 (Brasília)
Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Luis Diego Nascimento Lopes (ambos do PA)
Cartões amarelos: Rodrigo (Operário) e Jeferson, Mailson, Diego Jussani, Allan Vieira (Vila Nova)
Público total: 4.214 Renda: R$ 44.035,00

Gol: Lázaro (Operário, 6 minutos do 2º tempo)

OPERÁRIO: Rodrigo Viana; Danilo Báia, Lázaro, Rodrigo e Allan Vieira; Jardel (Cléo Silva), Índio e Marcelo; Cleyton, Lucas Batatinha (Chicão) e Schumacher (Lucas Gaúcho).
Técnico: Gerson Gusmão

VILA NOVA: Rafael Santos; Jeferson, Wesley Matos, Diego Jussani e Romário (Hélder); Joseph, Ramon (Bruno Mezenga), Magno, Alan Mineiro; Mailson (Capixaba) e Robinho.
Técnico: Marcelo Cabo