Secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, pede afastamento

0
Imagem: Divulgação

Nesta segunda-feira,08, Secretaria de Comunicação do Governador, Ronaldo Caiado, informou que o Secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, pediu o afastamento do cargo para esclarecer todas as denúncias feitas contra ele. Assume interinamente o superintendente de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado, delegado Alexandre Lourenço. 

 A saída dele Rodney Miranda ocorre após desgastes com Jorge Caiado, primo do governador Ronaldo Caiado. Em áudio que vazou na última quinta-feira, Jorge Caiado, primo do governador Ronaldo Caiado (DEM), acusa o secretário estadual de Segurança Pública (SSP), Rodney Miranda, de grampear o telefone dele e de pegar R$ 1 milhão que seria do Corpo de Bombeiros.

“Você não vem querer grampear telefone meu, não sou bandido, o senhor me respeita. Então, você está querendo explodir o governo do Ronaldo Caiado. Eu não admito e não aceito. Você fica levando todo mundo na conversa, você é um 171, um safado. E eu não sou Eurípedes não. Eu quebro a sua cara, seu moleque safado. Tá certo? Você que pegou dinheiro do governo, R$ 1 milhão do bombeiro. Você fez um trato e quer explodir o pessoal nosso todinho. Gente da minha confiança”, disse Jorge no áudio.

Confira a nota

“O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, pediu afastamento do cargo para esclarecer todas as denúncias feitas contra ele. Assume interinamente o Superintendente de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado, delegado Alexandre Lourenço. O processo já está instaurado na Polícia Civil e terá o acompanhamento do Ministério Público e da Controladoria-Geral do Estado de Goiás.”

Leia mais:

Goiás retoma atividades químicas após sete anos com a produção de álcool em gel