28.8 C
Goiânia
sábado, 23, outubro 2021
- Anúncio -

Ronaldo Caiado anuncia Daniel Vilela na vice para eleição de 2022

Sobre a vaga para o Senado, na majoritária, o governador disse que somente no ano que vem será divulgado o nome

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O que já era esperado desde o dia 20 de agosto deste ano, quando Ronaldo Caiado convidou o MDB para caminhar juntos em 2022, nesta sexta-feira (24) foi oficializada a aliança para uma chapa do democrata com Daniel Vilela de vice.

Em um evento realizado na tarde de hoje, no Parque de Exposição de Goiânia, o chefe do Executivo lançou o nome do emedebista como vice na chapa para disputar o governo do estado, no ano que vem.

“Maguito Vilela deixou sucessor e vai continuar na política do estado de Goiás com a dignidade que merece com esse jovem que será vice-governador do estado de Goiás na eleição de 2022”, pontuou o governador.

Na semana passada, a executiva do MDB havia se reunido para discutir a aliança com o DEM, a maioria dos emedebistas decidiu apoiar a aliança. De 160 cartas dos diretórios, por exemplo, 146 foram favoráveis à união entre as legendas.

Em sua fala, o presidente do MDB em Goiás lembrou do gosto que o ex-prefeito Iris Rezende tem por essa aliança e enalteceu o gesto de Caiado de ir ao diretório fazer o convite à legenda.

“É de conhecimento público as suas declarações de reconhecimento e simpatia ao governador Ronaldo Caiado e do desejo dele [Iris Rezende] de que estivéssemos aliançados no ano que vem em prol do nosso estado”, frisou Daniel.  

Várias lideranças de diversos partidos foram ao evento, prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais. A primeira-dama do estado, Gracinha Caiado, também discursou e parabenizou o trabalho de Daniel e lhe deu as boas-vindas.

Questionado se essa aliança não foi anunciada com muita antecedência e se isso poderá prejudicar os dois partidos, Vilela disse que não e elogiou a atitude do governador.

“Nós vivemos um momento atípico em todos os sentidos, e o governador Ronaldo Caiado, é preciso ser justo, toma uma decisão forte e transparente e verdadeira, diferentes das práticas políticas que eram costumeiras aonde se fazia uma aliança partidária em cima da hora”, disse Daniel.


Leia mais: Ministério Público pede suspensão do Código Tributário de Goiânia

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -