Pronto Socorro da Santa Casa de Anápolis vai fechar para o SUS a partir de Julho

0
A unidade ainda informou que só irá manter o serviço de emergência na área de Obstetrícia e Oncologia. (Foto: Divulgação)

A Santa Casa de Misericórdia de Anápolis, anunciou que a partir do dia 1º de julho não vai mais atender pacientes do SUS no Pronto Socorro da unidade. Segundo a direção, o repasse do SUS não é suficiente para manter os atendimentos da rede pública. Assim como Anápolis, mais 70 cidades da região centro sul do estado, contam hoje com o pronto socorro da Santa Casa de Misericórdia.

Em nota, a direção disse que o pronto socorro esteve ativo há mais de 25 anos, mas que tem causado prejuízos por ser subfinanciado. ‘’ Há dois anos e de forma exaustiva, a Santa Casa vem apresentando esse grave problema aos gestores de saúde pública, contudo, sem solução’’, diz a nota.

A unidade ainda informou que só irá manter o serviço de emergência na área de obstetrícia para atendimento às grávidas, e na área de oncologia, para tratamento de pacientes com Câncer.

Segundo informações da secretaria de saúde de Anápolis, o Ministério da Saúde repassa todo mês, R$ 200 mil para pagar as despesas do paciente do SUS que é tratado no pronto socorro da unidade.

De acordo com Júlio Cesar, secretário de saúde de Anápolis, sem a unidade da Santa Casa, a rede pública só vai poder contar com o Pronto Socorro da UPA da Vila Esperança, e o Hospital Estadual de Urgências de Anápolis que atende pacientes acidentados.

Para poder conseguir atender toda a demanda, uma das estratégias é reestruturar o Hospital Municipal de Anápolis.