27.8 C
Goiânia
terça-feira, 24, maio 2022
- Anúncio -

Petrobras aumenta os preços dos combustíveis pela sexta vez este ano

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (8) o sexto aumento deste ano no preço dos combustíveis (gasolina e diesel). Os motoristas pagarão mais caro para abastecer já a partir desta terça-feira (9).

A gasolina terá um reajuste 9,2%. Assim, o preço médio na refinaria será de R$ 2,84 por litro, um aumento de R$ 0,23 por litro. Já o diesel teve um reajuste de 5,5%, subindo para R$ 2,86, acréscimo de R$ 0,15 por litro.

Somente este ano de 2021, a gasolina já chegou a um reajuste de 54% nas refinarias; já o diesel, 41,6%.

Os sucessivos aumentos nos combustíveis chegaram a criar uma crise no governo federal devido às pressões, principalmente, dos caminhoneiros que ameaçaram entrar em greve se não houvesse nenhuma ação do governo para frear esses aumentos. O clima foi suficiente para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) demitir o então presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que será substituído pelo general Luna e Silva.

Também diante dessa situação, quatro membros do conselho de administração da Petrobras informaram na terça-feira (2) que não aceitarão a recondução ao cargo na próxima assembleia geral extraordinária da estatal. A decisão seria devido às atitudes do presidente Bolsonaro em interferir no conselho da estatal.

Pelas redes sociais, o presidente Bolsonaro negou que tenha pretensão de intervir na Petrobras, mas disse que a situação com os repetidos aumentos dos combustíveis não podia continuar. Bolsonaro também criticou os governadores, afirmando que a gasolina está a esse preço devido ao ICMS que é cobrado pelos estados.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -