“O Estado não é obrigado a ter convênio com a Santa Casa”, diz secretário

0
Imagem: Rosane Kotoski

Mas o Estado de Goiás vai renovar o convênio com a Santa Casa de Misericórdia de Anápolis com novo valor: R$ 500 mil reais por mês, declarou o Secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes na manhã desta terça-feira, 14.

Ele também respondeu sobre a situação do Hospital Materno Infantil, que teve a interdição pedida pela Superintendência Regional do Trabalho em Goiás (SRT/GO) no dia 29 de abril, após uma auditoria feita com o Conselho Regional de Enfermagem. E atualmente o pedido de interdição está suspenso pela Justiça e obras emergenciais de reparação estão sendo feitas no local.

O Secretário também revelou, em primeira mão, que pretende aproveitar o espaço de dois Credeqs para a criação de oficinas em parcerias com empresas privadas, no sentido de oferecer trabalho para quem está em tratamento e ajudar o Estado economizar.

Ouça a entrevista agora.