Ministro Augusto Heleno confirma que está com coronavírus

0
Foto: Alan Santos/PR

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Augusto Heleno testou positivo para o novo coronavírus. Ele havia integrado a comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro em viagem aos Estados Unidos ainda no início deste mês de março.

Heleno confirmou o diagnóstico do seu segundo exame por meio de uma rede social. O teste foi realizado pelo Hospital das Forças Armadas, em Brasília e, de acordo com o GSI, será feita uma contraprova pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

“Estou sem febre e não apresento qualquer dos sintomas relacionados ao Covid-19. Estou isolado, em casa, e não atenderei telefonemas”, escreveu Heleno na publicação.

O ministro do GSI tem 72 anos e, por causa da idade, está dentro do grupo de risco da doença. Os idosos e pacientes de doenças crônicas fazem parte do grupo que mais causa preocupação com a pandemia de Covid-19. A baixa imunidade os deixa mais vulneráveis à ação do coronavírus e a complicações decorrentes dele.

O resultado do primeiro teste do general, que deu negativo, foi divulgado no dia 12 de março, deu negativo.

Comitiva

Com o novo resultado de Heleno, sobe para 16 o número de membros que integraram a comitiva de Bolsonaro ou tiveram contato com o grupo nos Estados Unidos que testaram positivo para o coronavírus.

O presidente, familiares e auxiliares que o acompanharam passaram a ser monitorados depois da confirmação de que o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, foi diagnosticado com o vírus. Ao menos 14 pessoas da comitiva testaram positivo para Covid-19.

Leia mais:

Brasil tem primeira morte por Coronavírus