Iris apresenta prestação de contas da prefeitura; assista

0

Na manhã desta segunda-feira,3, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) , apresentou aos vereadores da Capital a prestação de contas do primeiro quadrimestre de 2019. Segundo a Prefeitura de Goiânia, os investimentos nos quatros primeiros anos deste ano cresceram 54,67% – se comparado ao mesmo período do ano passado, somando cerca de R$ 29 milhões. Ainda de acordo com o relatório apresentado, R$ 1 bilhão devem ser devem ser investidos na cidade até 2020.

Iris Rezende durante prestação de contas na Câmara Municipal (Foto: Paulo José)

A arrecadação sob responsabilidade do município somou R$ 740,5 milhões. Esse montante é R$ 63,6 milhões acima do arrecadado no mesmo período do ano passado.

No primeiro quadrimestre de 2019, a arrecadação da Prefeitura de Goiânia cresceu 10,05%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, entraram nos cofres da prefeitura R$ 160 milhões a mais.

Entre janeiro e abril de 2018, o município arrecadou R$ 1.592.822.734,98. Agora, conseguiu R$ 1.752.909,850,14. Mesmo descontada a inflação oficial do período, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, o Executivo registra saldo positivo de 4,87%.

Conforme divulgado pela prefeitura, cerca de R$ 400 milhões devem ser aplicados no recapeamento de 630 quilômetros de ruas que estão com  a estrutura comprometida. Pelo cronograma da prefeitura, 107 bairros da Capital serão beneficiados.

Outros 31 bairros, segundo a Prefeitura de Goiânia, serão asfaltados, três viadutos concluídos e ainda feito o prolongamento da Avenida Leste Oeste da Rua 74 até a GO-403. Para realizar as obras, o Paço Municipal negocia empréstimo com a Caixa Econômica Federal de cerca de R$ 780 milhões.

Dados apresentados pela Prefeitura de Goiânia durante a prestação de contas

Segundo o prefeito Iris Rezende, os números positivos refletem esforços realizados para equalizar as contas da prefeitura. Ao falar sobre o tema, Iris Rezende voltou a criticar, sem mencionar nomes, a gestão do já falecido ex-prefeito Paulo Garcia. “Vencemos a primeira grande cruzada a fim de superar o pesado fardo que herdamos de gestão anterior, qual seja, um déficit mensal nas contas do município da ordem de R$ 31 milhões e dívidas que beiravam à casa de R$ 1 bilhão,em 2017”, disse o prefeito.

Iris Rezende disse que o pagamento do empréstimo será parcelado em 120 vezes. “Ele vai proporcionar o aumento da estrutura de desenvolvimento de Goiânia. Hoje, a prefeitura tem condições de investir e aumentar a arrecadação”, destacou o gestor municipal.

Iris destacou que a prefeitura trabalha para entregar obras que foram iniciadas na gestão anterior. “A construção do Hospital e Maternidade Oeste está em plena execução. Os Centros de Saúde da Família de Novo Planalto e Itaipu, bem como a ampliação da UPA do Jardim América, são obras retomadas pela atual gestão e serão entregues no início do segundo semestre”, pontuou o decano.

Saúde e Educação

Segundo relatório apresentado pela Prefeitura de Goiânia, de janeiro a abril, os investimentos em saúde totalizaram R$ 405,5 milhões. No quatro primeiros meses do ano passado, foram consumidos R$ 381 milhões. A diferença positiva é de R$ 24,5 milhões.

Na educação foram aplicados R$ 302 milhões frente a R$ 274 milhões relativos ao mesmo período do ano passado.O aumento, portanto, foi de R$ 28,7 milhões.