22.8 C
Goiânia
sábado, 24, fevereiro 2024
- Anúncio -

Guarda Civil de Aparecida apreende mais de 500 carretéis de linhas cortantes em um mês

As linhas cortantes são fabricadas a partir da mistura de vidro moído e cola, bem como as linhas chilena e Indonésia, consideradas como “lâminas” nas competições de pipeiros.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Guarda Civil Municipal de Aparecida (GCM) apreendeu entre os dias 19 de junho e 19 de julho, 512 pipas e 537 carretéis de linhas com cerol em vários bairros da cidade. As apreensões ocorreram durante a 10ª edição da campanha “A Vida Por um Fio”, que tem o objetivo de coibir a comercialização e o uso de linhas perigosas na brincadeira de empinar pipa.

As linhas cortantes são fabricadas a partir da mistura de vidro moído e cola, bem como as linhas chilena e Indonésia, consideradas como “lâminas” nas competições de pipeiros. Os bairros que até o momento apresentaram maior número de denúncias são Jardim Tiradentes, setor Colina Azul e Parque Trindade.

“Não é uma brincadeira empinar pipa com linhas perigosas e que oferecem risco à vida das pessoas. Por isso, nossas equipes estão nas ruas autuando na conscientização e apreendendo esse tipo de material, que é ilegal e perigoso”, afirmou o secretário de Segurança Pública de Aparecida, Roberto Cândido.

Segundo a GCM, a operação continuará por todos os bairros da cidade até o final de agosto. E a população pode registrar denúncia ao flagrar pipeiros usando linhas cortantes. Basta acionar a Guarda Civil por meio do telefone 153 ou enviar mensagem de texto para o WhatsApp 3545-5992.

Legislação

A Lei Municipal nº 3.393/2017 que regulamenta a brincadeira de empinar pipa e similares em Aparecida proíbe a comercialização e utilização de “linha cortante, cerol ou vidro moído” na modalidade recreativa. O comerciante que vender esse tipo de material terá o material apreendido e será encaminhado à autoridade policial. Além disso, será aplicada multa no valor de R$ 3 mil ao autor da infração.


Leia mais: Rogério Cruz diz que analisa diminuir IPTU para compensar nova taxa de lixo, em Goiânia

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -