20.8 C
Goiânia
quinta-feira, 27, janeiro 2022
- Anúncio -

Governo divulga lista de 500 sorteados, em Aparecida, na 1ª etapa do programa Aluguel Social

Os benefícios, no valor mensal de R$ 350 por 18 meses, serão repassados às famílias que se enquadram nos requisitos.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) realizou, nesta sexta-feira (3), o sorteio dos primeiros 500 candidatos a beneficiários do programa “Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social”, de Aparecida de Goiânia, que agora devem apresentar a documentação necessária. O município foi escolhido como projeto-piloto para o programa de aluguel social. Foram sorteados também 500 nomes que vão para o cadastro de reserva. Os benefícios, no valor mensal de R$ 350 por 18 meses, serão repassados às famílias que se enquadram nos requisitos.

As duas listas, dos sorteados e do cadastro de reserva, já estão disponíveis no site da Agehab, www.agehab.go.gov.br. Os sorteados devem comparecer à sede da agência na segunda-feira (6) ou na terça-feira (7), conforme as listas publicadas, entre 7h30 e 17h30. Todos devem apresentar a documentação que comprove que se enquadram na situação descrita no edital. Tanto o edital quanto a lista de documentos necessários estão também disponíveis no site da agência.

Entrega do benefício

Os candidatos que apresentarem a documentação correta e forem considerados aptos receberão os cartões do benefício já no próximo Mutirão do Governo de Goiás, em Aparecida de Goiânia, nos dias 11 e 12 de dezembro. O evento será realizado na Avenida Benedito Silvestre de Toledo, Bairro Independência. Caso o candidato não se encaixe no perfil do programa e seja desclassificado, os sorteados do cadastro de reserva serão convocados.

Alguns dos requisitos básicos do programa são: estar em situação financeira vulnerável, ser inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) em Aparecida de Goiânia, ser maior de 18 anos ou emancipado, e residir no município por, no mínimo, três anos. A lei n° 21.186, que criou o programa Pra Ter Onde Morar, foi sancionada nesta semana pelo governador Ronaldo Caiado.

A iniciativa que concede um valor mensal por 18 meses pode ser prorrogada para a mesma família por mais 18 meses caso haja essa avaliação da equipe técnico-social da Agehab.


Leia mais: Preso neste sábado, Wanderson Mota responderá por duplo feminicídio, latrocínio e aborto

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -