Governador pede ajuda das mulheres para aumentar isolamento em Goiás; vídeo

Em vídeo, Caiado diz que elas são mais "zelosas" e podem ajudar a evitar situações que causam risco de contaminação pelo coronavírus.

0

O Governador Ronaldo Caiado divulgou um vídeo neste sábado fazendo um apelo as mulheres do estado de Goiás. Ele acredita que elas tem capacidade de se cuidar melhor e que podem orientar maridos, filhos, pais e irmãos com relação ao risco da covid-19. “Quero me dirigir as mulheres, vocês são mais zelosas, tem mais noção de vida, vocês tem uma capacidade maior de frear os excessos. Por favor, nos ajude! Mostre que não é possível deixar as pessoas irem para bares, fazer festas, caminhar de todo jeito, participar de toda aglomeração”, disse o governador.

No discurso Caiado também criticou empresários que tem obrigado trabalhadores a correrem risco. “Para vocês terem ideia, saiu uma estatística mostrando que quando o empresário está contaminado, quatro trabalhadores já estão contaminados. Ele (empresário) tem uma casa afastada para seus pais, avós e tios. A casa dele tem vários ambientes com dois, três banheiros e você trabalhador, quando chega em casa, abraça as pessoas, convive com sua família e transmite para todas”, afirmou Ronaldo Caiado.

Outra preocupação do governo é que mesmo com o novo decreto de escalonamento fechando o comércio não essencial por 14 dias, que foi publicado no começo dessa semana, a taxa de isolamento no estado não tem aumentado. Caiado disse que o obejtivo é sair dos 37% e chegar aos 50%.

Veja o vídeo completo com o apelo do governador Ronaldo Caiado:

View this post on Instagram

Em vídeo, Caiado diz que elas são mais "zelosas" e podem ajudar a evitar situações que causam risco de contaminação pelo coronavírus. O Governador Ronaldo Caiado divulgou um vídeo neste sábado fazendo um apelo as mulheres do estado de Goiás. Ele acredita que elas tem capacidade de se cuidar melhor e que podem orientar maridos, filhos, pais e irmãos com relação ao risco da covid-19. "Quero me dirigir as mulheres, vocês são mais zelosas, tem mais noção de vida, vocês tem uma capacidade maior de frear os excessos. Por favor, nos ajude! Mostre que não é possível deixar as pessoas irem para bares, fazer festas, caminhar de todo jeito, participar de toda aglomeração", disse o governador. No discurso Caiado também criticou empresários que tem obrigado trabalhadores a correrem risco. "Para vocês terem ideia, saiu uma estatística mostrando que quando o empresário está contaminado, quatro trabalhadores já estão contaminados. Ele (empresário) tem uma casa afastada para seus pais, avós e tios. A casa dele tem vários ambientes com dois, três banheiros e você trabalhador, quando chega em casa, abraça as pessoas, convive com sua família e transmite para todas", afirmou Ronaldo Caiado. Outra preocupação do governo é que mesmo com o novo decreto de escalonamento fechando o comércio não essencial por 14 dias, que foi publicado no começo dessa semana, a taxa de isolamento no estado não tem aumentado. Caiado disse que o obejtivo é sair dos 37% e chegar aos 50%. Leia mais em www.radiobandeirantesgoiania.com.br #radiobandeirantesgoiania #caiado #ronaldocaiado #covid

A post shared by Rádio Bandeirantes Goiânia (@radiobandeirantesgoiania) on


Leia mais: Hospitais privados de Goiânia estão sem leitos em UTI para pacientes da Covid-19