Goiás vence o Cruzeiro e conquista a terceira vitória consecutiva no Brasileirão

0
Imagem: Heber Gomes/ AGIF

O Verdão emplacou a terceira vitória no Brasileirão. Na noite desta segunda-feira,30, pela 22ª rodada da Série A, o lateral-esquerdo Alan Ruschel marcou sobre o Cruzeiro e deu ao time esmeraldino, no Serra Dourada, o terceiro triunfo consecutivo no Brasileirão. Os comandados do técnico Ney Franco estão com 100% de aproveitamento no segundo turno do campeonato nacional.

Com o resultado, o time esmeraldino sobe para a 11ª posição, com 30 pontos. Já o Cruzeiro permanece na zona de rebaixamento, com 19, em 17º colocado.

Apesar do zero no placar, primeiro tempo movimentado no Serra Dourada. Com boa participação de David e Sassá, o Cruzeiro conseguiu pressionar bastante o Esmeraldino, que escapava nas jogadas em velocidade de Michael. No detalhe: a novidade da partida foi a estreia de Abel Braga no comando do time mineiro.

Na volta do intervalo, a Raposa até balançou as redes com Thiago Neves, logo aos quatro. Mas a arbitragem assinalou o impedimento de David na jogada e anulou o gol. E quem acabou pulando na frente foi o Esmeraldino. Aos 16, Michael fez jogada individual e bateu cruzado, Alan Ruschel entrou livre na segunda trave e mandou para o fundo do gol. Ao apito final, muita festa no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA:
GOIÁS 1 x 0 CRUZEIRO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 30 de setembro de 2019, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília (DF)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Fábio Pereira (TO)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Henrique, Thiago Neves e David (CRU)
Gol:
GOIÁS: Alan Ruschel, aos 16 minutos do 2º Tempo

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Alan Ruschel; Gilberto, Yago Felipe (Breno) e Léo Sena; Michael, Rafael Moura (Papagaio) e Leandro Barcia (Kaio)
Técnico: Ney Franco

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela (Edilson), Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Ederson (Ezequiel), Thiago Neves e Robinho (Marquinhos Gabriel); David e Sassá
Técnico: Abel Braga