25.8 C
Goiânia
sexta-feira, 22, outubro 2021
- Anúncio -

Goiás terá trilha de longo curso passando por sete cidades até Cavalcante

O Caminho dos Veadeiros terá início no Vale do Paranã, em Formosa, e vai até Cavalcante, na Chapada dos Veadeiros.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Agência Estadual de Turismo de Goiás (Goiás Turismo) firmou acordo de cooperação para o desenvolvimento do Caminho dos Veadeiros. A trilha de longo curso passa pelos municípios de Formosa, com início no Vale do Paranã, Planaltina, Água Fria de Goiás, São João d’Aliança, Alto Paraíso, Colinas do Sul e vai até Cavalcante, na Chapada dos Veadeiros. Ao todo, serão sete municípios comtemplados.

O percurso também integra o Caminho dos Goyazes, que relembra a estrada real que ligava Goiás a Minas Gerais, no tempo em que o Brasil era colônia de Portugal. “Tem as unidades de conservação, de preservação ambiental e a valorização da comunidade local que é um dos princípios dessa trilha. Pela experiência do Caminho de Cora, a gente vai conseguir tirar do papel mais rápido o Caminho dos Veadeiros”, projetou Fabrício Amaral, presidente da Goiás Turismo.

A trilha já possui 120 quilômetros implementados, mas, ao todo, terá 483 quilômetros de extensão para prática de trekking ou caminhada e duas rotas para o cicloturismo, ambas com mais de 400 quilômetros. Parte do caminho passa pela Chapada dos Veadeiros, o que inspirou o nome do projeto e a marca da sinalização.

“Achei importantíssimo neste momento fortalecer a governança e distribuir as competências, pois o caminho já está traçado e agora vamos fazer um plano de trabalho para colocá-lo nos mesmos moldes do Caminho de Cora Coralina”, disse Amaral em entrevista à Bandeirantes Goiânia na manhã desta quinta-feira (12).

Turismo

De acordo com Fabrício Amaral, o projeto tem 15 secretarias de estado contribuindo para a realização da trilha. “Vamos fazer encaminhamento produtivo, identificar as pessoas no decorrer do caminho para abrir seu CNPJ, oferecer linha de crédito. O caminho vai muito além do turismo”, ressalta ele. “Leva desenvolvimento humano acima de tudo e o econômico vem junto”, pontou.

Participam do acordo o Instituto Internacional para a Sustentabilidade (IIS) e a Associação de Escalada do Planalto Central (AEP). O documento foi publicado no Diário Oficial de Goiás, na última quarta-feira (4). A Goiás Turismo vai oferecer apoio técnico e institucional para o crescimento do atrativo turístico. 


Leia mais: Aparecida poderá exigir cartão de vacina contra a Covid para acesso a shoppings e bares

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -