“Goiânia terá semáforos inteligentes”, diz secretário de trânsito

0
Foto: Andréia Nikely

O Secretário Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade de Goiânia, Fernando Santana, foi o entrevistado do Jornal Bandeirantes nesta segunda-feira (10).

Santana falou sobre as intervenções no trânsito da cidade e explicou que elas acontecem conforme o andamento das obras em Goiânia, construção do BRT e semáforos inteligentes.

Segundo o secretário, existem várias intervenções no centro da capital, principalmente na Avenida Goiás, na Avenida Araguaia e na Avenida Contorno, além de outros pontos da cidade, como na 2° Radial, Av. Jamel Cecílio, na Praça do Cruzeiro, entre outras, que de acordo com o secretário, estão sendo muito bem administradas, apesar dos transtornos.

De acordo com Fernando, embora haja colaboração da sociedade, muitos motoristas insistem em estacionar nas ruas que estão sendo usadas para desvios, mesmo que isso seja proibido pela Secretaria Municipal de Trânsito (SMT).

“A gente proíbe, exatamente porque as ruas que estão sendo usadas para desvios, a capacidade delas são sempre menores do que onde a gente está fazendo a intervenção, que são mais largas. Isso causa transtornos e até um pouco de congestionamento”, explica o secretário.


*BRT e nova interdição

Em relação a construção do BRT, o secretário declarou que as intervenções decorrentes da obra, são feitas mediante a necessidade de execução e que elas são feitas para solucionar os problemas que estão ocorrendo na cidade.

A entrega da obra, segundo o secretário, tem data para acontecer.

Na Avenida Goiás, por exemplo, o trecho sentido norte-sul que está interditado entre a Avenida Anhanguera e a Rua 01, deve ser entregue de 70 a 90 dias, no máximo, por causa do período chuvoso.

Fernando declara ainda que nos próximos dias, o outro lado da Avenida Goiás, será interditado para dar prosseguimento a obra.

Semáforos Inteligentes

Durante entrevista ao Jornal Bandeirantes, o Secretário de Trânsito da cidade anunciou que Goiânia terá semáforos inteligentes.

“Eles vão ser usados principalmente nos eixos, dos ônibus, dos transportes coletivos, nas vias preferenciais, aonde ele vai dar uma preferência, principalmente ao transporte coletivo”, declara o secretário.

Fernando explica ainda como funcionará o instrumento. “Um ônibus ao se aproximar do cruzamento, através de componentes eletrônicos, ele já vai emitir um sinal pra aquele cruzamento, pra quando ele chegar, o semáforo já estará aberto pra ele, então ele vai ganhar muito tempo, na sua viagem”, explica Fernando.


Confira a entrevista do secretário na íntegra:

Leia mais:

Mais desvios: Avenida Goiás terá trânsito interditado

Praça do Cruzeiro será interditada para obras do BRT por 15 dias

Trânsito: liberado trecho na Goiás entre as ruas 4 e 5