Goiânia amplia o número de vagas na Educação

0
363
(Foto: Prefeitura de Goiânia)

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) integra a programação de mais um Mutirão da Prefeitura, que foi realizado no último fim de semana, no Residencial Itaipu. Foi entregue à população mais quatro salas modulares no Centro Municipal de Educação Infantil Consuelo Nasser, ampliando o atendimento. A comunidade da região da prefeitura recebeu mais 80 vagas na educação infantil durante o 26º mutirão e participaram de oficinas pedagógicas, projeto Reciclar é Legal e unidades educacionais receberam benefícios do Escola Viva.

No estande da SME a comunidade contou com a ação do Projeto Horta Escolar: Circuito Reciclar é Legal, que possibilitou a troca de materiais recicláveis por mudas de hortaliças. Além disso, o espaço da SME também ofereceu oficinas pedagógicas e sala de leitura para as crianças.

Obrigatoriedade do CPF para matrícula

A partir do período de matrículas para 2020, a Prefeitura de Goiânia, por meio da SME, passará a exigir o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) da criança que pretende fazer parte do ensino público municipal da Capital. Os pais estão sendo orientados quanto a nova exigência e podem aproveitar a oportunidade e realizar o cadastro das crianças no CPF gratuitamente.

Com a parceria do Governo de Goiás, durante o Mutirão a população tem disponível diversos serviços oferecidos aos presentes pelo Vapt Vupt, dentre eles, a emissão de carteira de identidade e CPF. Outros órgãos também realizam esse serviço como, as agências dos Correios, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil (mediante pagamento de R$ 7,50).

Fora os serviços oferecidos nos estandes, a SME também executa o Programa Escola Viva e nove instituições de ensino da região foram beneficiadas. São cinco Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) – Consuelo Nasser, Prof. Nair Lacerda Jubé, Residencial Itaipu, Residencial Real Conquista, CEI Evangélica Eli Shadai e as Escolas Municipais Eng. Robinho Martins de Azevedo, Lúcia de Souza Fiúza, Residencial Itaipu e Renascer.

O Programa Escola Viva é uma iniciativa da SME que visa à manutenção predial constante das instituições de ensino. A verba é liberada diretamente às gestões escolares para promover reformas e reparos gerais na estrutura física, como pintura e limpeza geral, troca de telhado, reparos nas redes elétricas e hidráulicas, parquinhos e fachadas. O Programa Escola Viva foi uma das primeiras ações implementadas pela nova gestão municipal na área da Educação.