Fora de casa, Vila Nova garante empate e fica fora do Z-4

0

Na tarde deste sábado,8, o Vila Nova empatou em 1 a 1 com o Criciúma no Estádio Heriberto Hülse. O Tigre catarinense saiu na frente, aos 30 minutos, mas o Tigrão goiano conseguiu empatar , aos 33, com gol de Erick. Com o ‘pontinho’ conquistado fora de casa, o Vila ocupa a 15ª colocação, ficando fora da zona de rebaixamento (z-4)

No primeiro minuto de partida, o Criciúma chegou com perigo. Após cruzamento da esquerda, Wesely dominou , puxou para o meio da área e  chutou rasteiro, assustando o goleiro Rafael Santos.

O Tigre catarinense perdeu ótima oportunidade para abrir o placar, aos 17. Após cobrança de escanteio, Léo Santos cabeceou na trave. Na sobra , com o goleiro já batido Léo Gamalho bateu errado, colocando a bola pela linha de fundo.

Após os dois sustos, o Vila Nova respondeu à altura. Alan Mineiro cobrou escanteio rasteiro, aos 22. Ramon chutou de primeira, mas a bola carimbou o travessão do Criciúma. Cinco minutos depois, em outra cobrança de escanteio o Vila chegou novamente com perigo, mas  defesa catarinense conseguiu afastar após bate e rebate dentro da área.

Após criar boas oportunidades, as duas equipes terminaram o primeiro tempo equilibradas. Tanto o Criciúma quanto o Vila Nova tiveram boas oportunidades, mas não conseguiram abrir o placar no primeiro tempo.

Segundo tempo

No intervalo da partida, os dois treinadores realizaram uma susbstituição cada. No Criciúma, Ceará foi substituído por Ceará. No Vila Nova, Juninho ganhou a vaga de Neto Moura.

Quem criou a primeira boa oportunidade no segundo tempo foi o Vila Nova. Gustavo Mosquito, aos 13 minutos, chutou cruzado de dentro da, mas o chute sai à esquerda do gol do Carvoeiro. Logo em seguida, aos 15, o Criciúma quase balançou as redes. Marlon cruzou da esquerda, Reic cabeceou para o gol, mas o lateral Jeferson tirou em cima da linha.

Insistindo com as jogadas áreas , o Criciúma perdeu outra chance de abrir o placar, aos 17. Após cruzamento da esquerda, Léo Gamalho subiu sozinho , cabeceando consciente , mas a bola passou por cima do gol.

Sem se intimidar com a pressão, o Vila Nova também chegava ao ataque com perigo. Alan Mineiro arriscou de fora da área, aos 25, mas a bomba do meia vilanovense foi para fora. Após cobrança de escanteio de Erick, aos 29, Alan Mineiro cabeceou, mas a bola não acertou o gol do Tigre catarinense.

Apostando nas jogadas aéreas, o Criciúma abriu o placar, aos 30 minutos. Vinicius avançou pela esquerda e cruzou . O atacante Léo Gamalho livre cabeceou para o fundo das redes sem chances para o goleiro Rafael Santos: Criciúma 1×0.

A comemoração da torcida do Criciúma durou pouco tempo. Aos 33, Eric cobrou escanteio na segunda trave e após bate rebate dentro da área Juninho empurrou a bola para as redes, deixando tudo igual no Estádio ; Heriberto Hülse: 1×1.

No finalzinho da partida, Erick perdeu a chance de marcar o segundo gol vilanovense na partida. Aos 44, ele recebeu dentro da área, dominou e chutou , mas a bola passou longe do gol.

Nos cinco minutos de acréscimo, as duas equipes criaram uma oportunidade cada, mas não tiveram competência para converter a oportunidade em gol.

Com o empate, o Vila Nova chega aos sete pontos após sete rodadas, ocupando a  15ª colocado no Brasileirão Série B. O Criciúma é o 17º classificado com seis pontos. Na próxima terça-feira, 11, o Vila Nova recebe o São Bento , em Goiânia, pela oitava rodada da Série B. O Criciúma vai ao Sul do país enfrentar o Brasil de Pelotas.

Criciúma 1×1 Vila Nova

Data: 8 de junho 2019

Horário: 16h

Local: Estádio Heriberto Heriberto Hülse, em Criciúma-SC.

Criciúma: Luiz, Marcos Vinicius, Léo Santos, Derlan e Marlon; Adilson Goiano (Ceará), Eduardo, Wesley e Daniel Costa (Reis); Vinícius e Léo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina.

Vila Nova: Rafael Santos; Jeferson, Wesley Matos, Diego Jussani e Gastón; Joseph, Ramon, Neto Moura (Juninho) e Alan Mineiro (Elias); Gustavo Mosquito (Erick) e Richard. Técnico: Eduardo Baptista

Leia também:

Com gol no segundo tempo, Atlético vence o Guarani