24.8 C
Goiânia
terça-feira, 27, julho 2021
- Anúncio -

Fluminense constrói o resultado no primeiro tempo e goleia o Goiás no Engenhão

O Goiás amarga a 18ª posição com apenas 29 pontos, seis a menos que o Sport, primeira equipe fora do Z-4.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

O Goiás foi ao Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense pela 33ª rodada da Séria A neste domingo (31) e o resultado não foi nada positivo. O tricolor fez três gols na primeira etapa com, Nino de cabeça e Martinelli duas vezes, não deu chances para o esmeraldino e alcançou a 5ª colocação do campeonato. Já o Goiás amarga a 18ª posição com apenas 29 pontos, seis a menos que o Sport, primeira equipe fora do Z-4.

A goleada só não foi maior porque o goleiro Tadeu fez defesas pontuais e segurou o tricolor em alguns momentos. Entretanto, mesmo salvando o Goiás, o goleiro do Verdão quase foi protagonista de um lance que seria histórico. Ao errar cobrança de falta, acertando a barreira, a bola sobrou para o meia Nenê que, arriscou de antes do meio campo, a bola quicou no gramado, tocou o travessão e foi por cima do gol.

O Goiás agora, enfrenta o vice-líder Atlético Mineiro, na próxima quarta-feira (03) pela 34ª rodada da Série A. A partida será na Serrinha, às 21h30, com transmissão da Rádio Bandeirantes Goiânia. Já o Fluminense, joga na mesma data e horário, contra o Bahia, em Salvador (BA).

Com bola rolando

Mesmo fora de casa, foi o Goiás quem começou pressionando a saída de bola do Fluminense. Após roubada de bola, Fernandão quase marcou aos nove minutos do primeiro tempo. Mas quem chegou ao gol foram os mandantes, com Nino, após cobrança de escanteio de Nenê. O zagueiro tricolor invadiu a área esmeraldina e cabeceou sem marcação e sem chances para Tadeu, aos 16 minutos.

Aos 24 minutos, mais uma cobrança de escanteio para o Flu. A zaga do Goiás desta vez afastou, mas ela sobrou para Martinelli que, soltou uma bomba do meio da rua e, contou com a sorte para marcar. Ela tocou no Tadeu e na trave antes de estufar a rede.

Não demorou muito para o terceiro gol tricolor sair. Após nova cobrança de escanteio, o Fluminense continuou no ataque, Martinelli novamente recebeu pela esquerda, invadiu a área, bateu de direita e contou com um desvio na zaga que tirou Tadeu do lance e aumentou a vantagem tricolor, aos 36 minutos.

Ainda na primeira etapa, quase um lance histórico no Engenhão. O goleiro Tadeu cobrou falta na barreira, ela sobrou para o Fluminense, Nenê bateu de antes do meio campo, ela quicou no gramado e pegou no travessão. Seria um gol de placa do meia.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série A – 33ª rodada

Fluminense x Goiás

Data: 31/01/2021

Horário: 20h30

Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), Rio de Janeiro (RJ)

Arbitragem

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)

Cartões Amarelos

Fluminense: Egídio

Goiás: Vinícius Lopes, Heron

Gols

Fluminense: Nino (16’ 1ºT); Martinelli (24’ 1ºT e 36’ 1ºT)

Goiás:

Escalações

Fluminense: Marcos Felipe, Calegari (Igor Julião), Nino, Luccas Claro, Egídio, Martinelli (André), Hudson, Luiz Henrique (Caio Paulista), Nene, Lucca (Fernando Pacheco), Fred (Samuel).

Técnico: Marcão

Goiás: Tadeu, Taylon (Daniel Di Pauli), David Duarte (Iago Mendonça), Fábio Sanches, Heron, Shaylon, Ariel Cabral (Índio), Henrique Lordelo, Fernandão (Miguel Figueira), Rafael Moura, Vinícius Lopes (Douglas Baggio).

Técnico: Glauber Ramos


Leia mais: Atlético bate o São Paulo e se aproxima da zona de classificação da Libertadores

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -