Fernando Pellozo negocia pagamentos atrasados deixados pela gestão anterior

De acordo com a prefeitura, o pagamento referente ao mês de janeiro de 2021 será depositado normalmente até o quinto dia útil de fevereiro.

0
Prefeito de Senador Canedo, Fernando Pellozo, durante reunião
As negociações acontecem porque parte da folha de pagamento do mês de dezembro de 2020 não foi paga pela gestão anterior. (Foto: Divulação)

O prefeito de Senador Canedo, Fernando Pellozo (PSD) se reuniu, nesta na terça-feira (05), com líderes do Sindicato dos trabalhadores de Senador Canedo (Sindicanedo) para negociar o pagamento do mês de dezembro. Na reunião, também estiveram presentes o secretário de Finanças, Stênio Nascimento e de Governo, Paulo Roberto.

As negociações acontecem porque parte da folha de pagamento do mês de dezembro de 2020 não foi paga pela gestão anterior. De acordo com a prefeitura, o pagamento do salário foi parcelado em duas partes iguais. A primeira parcela, com 50% do salário em atraso, será no dia 11 de janeiro, o restante será depositado no dia 21 do mesmo mês.

O secretário de Finanças, Stênio Nascimento, explicou que buscou a melhor forma para realizar o pagamento e atingir todas as secretarias. “Sempre busco base dentro da legalidade, por isso, a gente discutiu uma forma de cumprir o pagamento de todos os servidores. Para não haver injustiça e contemplar todas as secretarias, a melhor forma foi dividir em duas vezes”, afirmou.

Durante a reunião, o presidente do sindicato, João Batista Vaz, elogiou o posicionamento do prefeito. “Entendemos a situação orçamentaria que prefeitura se encontra. Os servidores precisam honrar com suas contas, muitos pagam aluguel, precisam manter suas famílias. O prefeito poderia tomar a decisão de pagar só no final de janeiro, mas decidiu negociar e pagar agora em duas vezes”, disse.

Ainda na reunião foi anunciado que o pagamento referente ao mês de janeiro de 2021 será depositado normalmente até o quinto dia útil de fevereiro.


Leia mais: Vereador Kleybe Morais diz que “cúpula da Universal” está tomando conta da prefeitura