Enderson Moreira não resiste à pressão pelos maus resultados e é demitido do Goiás

0
Imagem: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.

O técnico Enderson Moreira não resistiu à pressão pelos maus resultados e não é mais técnico do Goiás. A decisão foi comunicada pela diretoria do clube goiano, após mais um tropeço do Verdão na Série A. No último sábado, o time perdeu para o Athletico/PR por 1 a 0, na Serrinha, completando dez jogos, em sequência, sem vitória na temporada.

Os treinadores Augusto Cesár e Glauber Ramos, da equipe sub-20, assumem interinamente a equipe, já comandando o trabalho nesta quarta-feira. Eles, provavelmente, estarão no banco de reservas contra o Palmeiras, no sábado, em São Paulo. A ideia da diretoria é permanecer com a dupla até o final da temporada.

Enderson foi contratado pelo Goiás no dia 28 de setembro, 28 minutos depois da saída de Thiago Larghi, demitido após o empate contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro. Enderson deixa o clube goiano de forma parecida, com bastidores complicados. Ele comandou a equipe em 10 partidas, com três empates e sete derrotas.

Essa foi a terceira passagem de Enderson pelo Esmeraldino. A primeira, entre 2011 e 2013, foi a mais vitoriosa e contou com o título da Série B de 2012. Ele retornou em 2017, foi novamente campeão goiano, mas acabou demitido após após início ruim na Segundona. A terceira, encerrada nesta terça, acabou sendo a mais breve e frustrante delas.