Em um único dia, presidente Bolsonaro troca seis ministros

O presidente surpreendeu os militares com a demissão de Azevedo e Silva

0
Presidente troca seis ministros de Estado num único dia. Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) alterou o comando de seis ministérios nesta segunda-feira (29). O dia começou com o anúncio da saída de Ernesto Araújo (Relações Exteriores).

Veja a lista de todas as mudanças:

Casa Civil da Presidência da República: General Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira;
Ministério da Justiça e Segurança Púbica: Delegado da Polícia Federal Anderson Gustavo Torres;
Ministério da Defesa: General Walter Souza Braga Netto;
Ministério das Relações Exteriores: Embaixador Carlos Alberto Franco França;
Secretaria de Governo da Presidência da República: Deputada Federal Flávia Arruda;
Advocacia-Geral da União: André Luiz de Almeida Mendonça.

A mudança que mais chamou a atenção foi a de Azevedo e Silva, que comandava o Ministério da Defesa e era considerado muito próximo à família do presidente.

A saída de Ernesto Araújo, no entanto, já era esperada devido à pressão que o governo sofria tanto pela oposição como também da base no Congresso Nacional.

Com as mudanças de hoje, saíram os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e José Levi (AGU).

Já os outros três foram apenas remanejados: Eduardo Ramos, Braga Netto e André Mendonça.


Leia mais: General Azevedo e Silva deixa Ministério da Defesa