20.8 C
Goiânia
terça-feira, 7, dezembro 2021
- Anúncio -

Dragão leva empate no fim, fica no 1×1 com o Juventude e segue sem vencer

Atlético vencia até os 42 minutos da etapa final, mas levou o empate e segue próximo à zona do rebaixamento

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O Atlético Goianiense segue sem vencer sob o comando de Marcelo Cabo no Brasileiro Série A. Na noite desta terça-feira (23), a equipe rubro-negra cumpriu jogo atrasado contra o Juventude e ficou no 1×1 no Antônio Accioly após estar vencendo até os 42 minutos da etapa final. O gol atleticano foi marcado por Zé Roberto, enquanto Ricardo Bueno anotou para os gaúchos.

O resultado somou o quarto empate consecutivo do treinador à frente do Dragão. O time chegou aos 41 pontos, mas ainda permanece rondando a perigosa zona de rebaixamento. O Bahia é o time que abre o Z-4 e tem 37 pontos. Na próxima rodada o Atlético enfrenta a lanterna e já rebaixada Chapecoense, na Arena Condá

EMPATE AMARGO

A primeira chance criada da partida foi para o Dragão. Na faixa dos 3 minutos, Brian Motenegro recebeu pela direita de ataque, segurou a marcação e serviu Janderson. O atacante bateu de primeira e viu a bola passar bem próximo à trave, levando muito perigo ao gol de Douglas. Atuante no setor ofensivo, o Atlético controlava a partida e criava mais chances.

Aos 12, um grande susto para o goleiro Douglas. Dudu cruzou, Brian Montenegro desviou e o goleiro do Juventude espalmou, mas a bola subiu e ia entrando, Vitor Mendes apareceu e tirou em cima da linha. Apesar da bela jogada, o árbitro invalidou o lance por impedimento. Pouco depois, Janderson soltou a bomba de fora da área e obrigou Douglas a fazer boa defesa para segurar o 0x0.

Na etapa final a tônica do jogo mudou. O Juventude entrou muito mais ligado e até os 15 minutos, dominou a partida e não deixava o Dragão sair de seu campo defensivo. Apesar disso, o time gaúcho não conseguia criar chances claras de gol e o domínio não se materializava em vantagem. Mas, em suas mudanças o técnico Marcelo Cabo mudou os rumos da partida.

Zé Roberto entrou no jogo e em seu primeiro minuto em campo, abriu o placar para o Dragão. Janderson tentou o chute, a bola ficou na zaga e sobrou para o centroavante, que tirou a marcação e fuzilou: 1×0. À partir de então o ímpeto do Juventude diminuiu, com o balde de água fria recebido, e o time da casa voltou a ficar mais confortável na partida.

Aos 32 minutos por pouco o Atlético não ampliou. João Paulo arriscou de longa distância, a bola ia encobrindo o goleiro Douglas, que se recuperou na hora certa e espalmou o chute com a ponta dos dedos. Quem chegou ao gol na verdade foi o Juventude. Chico, ex-Dragão, achou lindo passe para Ricardo Bueno, que adentrou a área e encobriu Luan Polli para empatar a partida.

FICHA TÉCNICA

Brasileirão Série A – 30ª rodada

Atlético-GO 1×1 Juventude

Data: 23/11/2021
Horário: 19h
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia-GO

Árbitro: Flávio Rodrigues de Sousa (SP)
Auxiliar 1: Daniel Luís Marques (SP)
Auxiliar 2: Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira (FIFA/SP)

Gols
Atlético-GO: Zé Roberto (16’ 2T – 1×0)
Juventude: Ricardo Bueno (42’ 2T – 1×1)

Cartões amarelos: Willian Maranhão (ACG); Sorriso (JUV)
Cartões vermelhos:

Atlético-GO: Fernando Miguel (Luan Poli); Dudu (Arnaldo), Éder, Pedro Henrique e Arthur Henrique (Igor Cariús); Marlon Freitas, Willian Maranhão e João Paulo; André Luis (Ronald), Janderson e Brian Montenegro (Zé Roberto).


Técnico: Marcelo Cabo Juventude: Douglas; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus (Chico); Jadson (Bruninho), Dawhan (Rafael Bilu), Guilherme Castilho e Wescley (Capixaba); Sorriso e Ricardo Bueno (Roberson).
Técnico: Jair Ventura

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -