Corpo de professor assassinado em escola de GO vai ser velado hoje no DF

0
342
O professor foi esfaqueado dentro do colégio estadual onde dava aula Foto: Reprodução/SINTEGO

Vai ser velado, a partir das 15h deste sábado, 31, no Cemitério Campo da Esperança – Taguatinga – DF, o corpo do professor Bruno Pires, 41 anos,  que foi assassinado dentro do Colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas.

A Polícia Civil esta investigando o caso, mas as informações preliminares esclarecem que o estudante Anderson Silva, de 18 anos, que cursa o 9º anos do ensino fundamental seria desligado do programa Mais Educação, que é direcionado a alunos dos 6º e do 7º ano e focado em atividades pedagógicas e esportivas.

Nervoso, Anderson teria ido tirar satisfações com o professor que tentou fugir do ataque do aluno, mas teve o fígado perfurado por uma faca. Bruno chegou a ser encaminhado com vida ao Hospital Municipal Bom Jesus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.

O autor do crime segue foragido.

Sintego

Logo após a notícia da morte do professor, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás (Sintego) publicou nota lamentando a morte trágica do profissional  do ambiente escolar e reiterou a necessidade da proteção dos trabalhadores da Educação.

Bia de Lima, presidente do Sitego disse que, ” É preciso agir para que vidas não mais sejam retiradas. Basta de tanta violência! A Educação pede paz!”

Nota de pesar

O Governador Ronaldo Caiado divulgou ainda na noite dessa sexta -feira, 30, uma nota de pesar em que diz: “Que nossas orações ajudem a trazer conforto à família do professor e à comunidade escolar. Não podemos mais conviver com a violência nas nossas escolas.

Construir a cultura da paz no ambiente escolar é um desafio grande e urgente. É tarefa de todos nós, ou a paz não será de ninguém”.

Leia também:

Projeto leva universalização da educação digital a escolas de Goiânia

Prefeitura lança campanha contra uso do cerol, em Goiânia