22.8 C
Goiânia
sábado, 24, fevereiro 2024
- Anúncio -

Confira como foi a trajetória do Atlético Goianiense para voltar à Série A em 2024

Após um primeiro turno ruim, rubro-negro teve a melhor campanha na segunda metade e concretizou com o acesso

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O Atlético Goianiense conquistou neste último fim de semana o seu quarto acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro venceu o Guarani, por 3 a 0, e está retornando para a elite nacional após apenas uma temporada. O Dragão esteve entre os principais clubes do país nos anos de 1979, 1980, 1986, 2010, 2011, 2012, 2017, 2020, 2021 e 2022.

Como foi a trajetória nesta Série B?

O Atlético Goianiense chegou para a Série B como um dos francos favoritos, não só ao acesso, mas também ao título da competição. Durante os primeiros meses, amargou uma eliminação precoce na Copa do Brasil para o Volta Redonda, mas no Campeonato Goiano conquistou o bicampeonato e assim como na temporada anterior, diante do Goiás dentro do estádio da Serrinha. Após um início de ano com Eduardo Souza, a diretoria entendeu que era hora de mudar e contratou Mozart.

Apesar do título, a atuação do elenco na segunda partida da final trouxe dúvidas sobre o trabalho de Mozart, que resistiu a apenas sete jogos no clube. Após um confronto na Copa do Brasil (eliminação) e três no Campeonato Goiano, o comandante esteve em três partidas na Série B, onde não perdeu, porém foram dois empates (Sampaio Corrêa e Tombense), onde o time saiu na frente e então cedeu a igualdade.

Com a saída de Mozart, Alberto Valentim foi contratado (após um jogo com Anderson Gomes de interino). Triunfos nos primeiros jogos, incluindo diante do Vitória dentro do Barradão, mas logo depois uma sequência de seis jogos sem vencer, que afastou o time do G4. Sem reforços e com muitas dificuldades no sistema defensivo, o rubro-negro só optou por demitir o treinador na reta final do primeiro turno. Anderson Gomes assumiu novamente até a chegada de Jair Ventura.

No primeiro turno, o Atlético Goianiense conquistou apenas 27 pontos e ficou na 11ª colocação. Jair Ventura foi contratado, mas não teve dos melhores começos, já que empatou em casa diante do Sampaio Corrêa e perdeu para o CRB. Porém, após uma ‘reunião fechada’, o elenco que contou com reforços como Baralhas, Alix, Luiz Felipe, Matheus Peixoto, Dodô, Lucas Esteves, entre outros, conseguiu ‘encorpar’ e engatou uma sequência de seis jogos sem perder, sendo cinco vitórias.

O Atlético Goianiense embalou na competição, mas na reta final voltou a oscilar. Em um jogo com muita reclamação, o rubro-negro perdeu de virada para o Vila Nova, empatou diante de Novorizontino e Sport, e foi goleado pelo Mirassol, fora de casa. O Dragão entrou na última rodada precisando vencer e torcer por um tropeço de Juventude ou Vila Nova, e assim aconteceu. O clube de Campinas está de novo na Série A.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -