16.8 C
Goiânia
segunda-feira, 27, maio 2024
- Anúncio -

Comboio da Prefeitura de Goiânia, com voluntários e donativos, se desloca para ajudar vítimas das enchentes no RS

Caminhões levam toneladas de suprimentos para amparar população afetada pelos temporais. "Doações mostram que goianiense é solidário e acolhedor", diz prefeito Rogério

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Defesa Civil, integrante da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia, realiza o deslocamento de servidores voluntários a Canoas, uma das cidades atingidas pelas enchentes que assolam o Rio Grande do Sul. A missão começou ontem, 9, com uma grande campanha de arrecadação de donativos.

“Estamos em contato com as autoridades da região afetada desde o primeiro momento. Elaboramos a estratégia de arrecadação de doações e viabilizamos a ida de servidores especialistas em situações de calamidade e dispostos a auxiliar nossos irmãos do Rio Grande do Sul”, destaca o prefeito Rogério.

Segundo a Defesa Civil, neste primeiro momento, cerca de 40 toneladas de doações são transportadas para o RS. Dentre os itens, colchões, roupas, agasalhos, alimentos e água. “As doações mostram que o povo goianiense é solidário e acolhedor”, diz Rogério, ao frisar que a campanha continua e novas remessas devem ser enviadas nos próximos dias.

A missão liderada pelo coordenador municipal de Proteção e Defesa Civil da GCM, Robledo Mendonça, tem expectativa de chegada no RS para início da atuação é ainda no fim de semana. “Por conta do transporte de cargas, o deslocamento é mais lento, e temos de cuidar da segurança de todos os voluntários”, detalha.

Ainda de acordo com Robledo Mendonça, a equipe tem agentes da Defesa Civil com experiência em salvamento e atuação em desastres. “Uma equipe preparada para atuar no salvamento de pessoas e animais, e que ganhou o reforço de médicos, veterinários e enfermeiros”, assinala.

A Defesa Civil aponta que a previsão do tempo é de alerta extremo, uma vez que os dados apontam que os temporais devem se intensificar no fim de semana, com baixas temperaturas e risco de alagamentos generalizados. Segundo o Climatempo, há possibilidade de chuva de 100 mm, ventos até 100 km/h e granizo.

Médicos, enfermeiros e veterinários

Tragédias de grandes proporções têm impactos significativos sobre a saúde da população e sobre a infraestrutura dos serviços de saúde, por isso a Prefeitura de Goiânia auxilia o governo do Rio Grande do Sul com o envio desses profissionais.

Após inundações, por exemplo, especialistas em saúde explicam que aumentam registros de casos de doenças como leptospirose, hepatite A e tétano acidental, além de problemas respiratórios e transtornos transmitidos por vetores.

Há ainda risco de acidentes provocados por animais, afogamentos, traumatismos e choques elétricos, comuns em cenários como o registrado ao longo dos últimos dias no RS.

Campanha continua em pontos da Prefeitura de Goiânia

Confira abaixo os pontos de arrecadação de itens de higiene pessoal, material de limpeza, fraldas, colchões, colchonetes, agasalhos, travesseiros, roupa de cama, utensílios de limpeza (rodos, vassouras, sacos de lixo), e alimentos não perecíveis:

  • Hall do Paço Municipal
  • Bases da GCM nos parques: Parque da Lagoa, no Parque Industrial João Braz; Parque Itamaracá, no Residencial Itamaracá; Corregedoria da Guarda Civil Metropolitana, na Rua 10, no Setor Central.
  • Estacionamento do Parque Mutirama
  • Zoológico de Goiânia, na bilheteria.
  • Grande Hotel, na Avenida Goiás, no Setor Central.

Leia mais: Tragédia no Sul não deve afetar oferta de arroz e feijão em Goiás

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -