15.8 C
Goiânia
terça-feira, 28, maio 2024
- Anúncio -

Colégios Militares de Goiás não serão impactados com fechamentos

Governador Ronaldo Caiado tem planos de implantar novas unidades em segundo mandato

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Apesar do encerramento do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim), anunciado pelo Governo Federal nesta quarta-feira (12), os Colégios Estaduais da Polícia Militar em Goiás continuarão a existir. O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) tem planos de implantar novas unidades ao longo do segundo mandato.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduce), não há escolas cívico-militares vinculadas ao Pecim no estado de Goiás. Desde o início deste ano, essas escolas foram incorporadas ao modelo CEPMG, Colégio da Polícia Militar do Estado de Goiás. Esses colégios foram criados em 1998 e estão protegidos por legislação estadual.

Entre os planos do governador Ronaldo Caiado, está a criação de pelo menos 10 novos colégios militares. Esses planos foram anunciados no final de maio e elevarão para 76 o número de unidades na rede estadual de ensino. Esse levantamento já inclui as Escolas Cívico-Militares de Goiás (ECIMs), que foram integradas aos colégios militares estaduais no início deste ano.


- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -