28.8 C
Goiânia
sábado, 23, outubro 2021
- Anúncio -

Cinemas e teatros serão reabertos em Goiânia: “é possível flexibilizar um pouco mais”, diz Rogério Cruz

Os bares e restaurantes poderão funcionar agora até as três horas da manhã, aumentando o limite de seis para oito pessoas por mesa e com capacidade máxima de 50% de ocupação.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O Prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), anunciou nesta quarta-feira (14), mudanças no decreto que estabelece as regras de funcionamento para o setor produtivo da capital. A novidade do encontro foi a liberação dos cinemas e teatros que estavam há mais de 400 dias fechados por conta da Covid-19.

“O setor produtivo sempre se mostrou aberto ao diálogo. Quando precisávamos fechar, os dados epidemiológicos à época eram apresentados e eles nos atendiam. Agora, como estamos em uma situação mais segura, é possível flexibilizar um pouco mais as medidas”, diz Cruz.

Os bares e restaurantes poderão funcionar agora até as três horas da manhã, aumentando o limite de seis para oito pessoas por mesa e com capacidade máxima de 50% de ocupação. Já os cinemas, teatros e circos, voltarão a abrir com a metade da capacidade de cada local, respeitando as medidas sanitárias como a utilização de máscara, aferição de temperatura e álcool em gel.

Outra mudança fica por conta do comércio. A partir desta quinta-feira (15), está liberado o funcionamento de acordo com o alvará de cada estabelecimento. Estiveram presentes na reunião, o secretário de Governo, Arthur Bernardes, o titular da Saúde, Durval Pedroso, o chefe de Gabinete José Firmino, o presidente da Câmara Municipal, Romário Policarpo (Patriota), e representantes do setor produtivo.

Novas regras

Bares:

– 50% da capacidade

– funcionamento até as 3h da manhã

– limite de 8 pessoas por mesa

Comércio:

– funcionamento autorizado de acordo com o alvará de cada estabelecimento

Cinemas e teatros:

– abertura com limitação de 50% da ocupação.


Leia mais: Prefeitura de Goiânia confirma publicação de decreto que vai punir “sommeliers de vacina”

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -