Barroca minimiza vantagem e prevê briga acirrada com o Corinthians

Dragão fez 2x0 na partida de ida em São Paulo e pode até perder por 1 gol de diferença que ainda se classificam; Treinador pede humildade e atuação no limite para garantir classificação

0
Treinador espera jogo mais difícil contra o Corinthians no Antônio Accioly (Foto: Comunicação / ACG)

O Dragão está com um pé na classificação para a próxima fase da Copa do Brasil. Depois de vencer o Corinthians por 2×0, em São Paulo, pela partida de ida, o Atlético pode até perder por 1 gol de diferença que ainda assim estará classificado às oitavas de final.

Apesar disso, o técnico Eduardo Barroca prega cautela e muita atenção para o jogo decisivo, no Antônio Accioly:

“Vai ser um jogo completamente diferente. Tem um caráter eliminatório mais forte por ser a segunda perna, jogo decisivo, onde vamos precisar trabalhar ainda mais no nosso limite. Temos que nos dedicar e ter um comprometimento muito maior. Do outro lado temos uma grande equipe, acostumada a esse tipo de jogo, dos três esse será o jogo mais difícil”.

Até porque, na visão do treinador, o Corinthians chegará para o duelo mais bem preparado e evoluindo na mão do novo comandante:

“O Sylvinho está encontrando sua maneira de trabalhar, temos que pensar que o Corinthians de agora será muito mais forte do que o Corinthians que já enfrentamos. Já cansamos de ver grandes vantagens serem destruídas em 20 minutos, inúmeras viradas acontecerem… então temos que ter nosso padrão de excelência máximo. Um gol cedo, uma bola parada, qualquer detalhe deixa o jogo muito vivo”.

Por outro lado, ele acredita que o Atlético também tenha melhorado sob seu comando:

“No primeiro jogo a minha chegada era muito recente, então eu tinha pouca referência prática do que era o Atlético. Acredito que até por isso fizemos algumas evoluções importantes para o segundo junto, principalmente em posicionamento e marcação de bola parada”, finaliza.

A bola rola às 21h30, no Estádio Antônio Accioly.