Bandeira vermelha vai deixar conta de luz mais cara em novembro

0
Bandeira vermelha tarifária foi anunciada pela Aneel para o mês de novembro por falta de chuvas. Foto: Marcos Santos/usp imagens

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou ontem, 26, que o mês de novembro terá bandeira tarifária vermelha nas contas de luz. O aumento vai estar no patamar 1, quando o consumidor para R$ 4 a mais para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Neste mês de outubro, a bandeira que vigora é a amarela. Sendo assim, R$ 1 são acrescentados a cada 100 quilowatts-hora.

Para justificar o patamar elevado da bandeira no próximo mês, a Aneel argumentou a respeito do volume de chuvas nas últimas semanas. Isso porque o regime está abaixo da média histórica.

Segundo a agência, a preocupação é latente ainda que o período chuvoso comece no mês de novembro. Com isso, as principais bacias hidrográficas costumam ser abastecidas efetivamente nesta época do ano.

Apesar disso, a situação pode mudar posteriormente. A bandeira tarifária que entra em vigor em dezembro, podendo ser vermelha ou não, será divulgada no dia 29 de novembro.

Reforço caro

Com pouca chuva, a Aneel precisa recorrer às usinas termelétricas para garantir o abastecimento da população e das indústrias. Essa produção, no entanto, tem preço mais alto que incide diretamente nas contas de luz.

Leia mais:

Cruzamento entre avenidas Goiás e Paranaíba é liberado